23 de novembro de 2021

Bosque Rio Verde vai recuperar área ambientalmente degradada

Divulgação

Ponta Grossa terá uma nova área de lazer e contemplação às margens do Rio Verde, no local do antigo matadouro municipal. A prefeita Elizabeth Schmidt e secretário de Meio Ambiente, Andre Pitela, estiveram em reunião na Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo para discutir o projeto.

Um novo projeto de recuperação de área degradada resultará em uma nova área de lazer e contemplação em Ponta Grossa. O Bosque Rio Verde será executado às margens do Rio Verde, onde hoje estão as estruturas do antigo Matadouro Municipal. A prefeita, Elizabeth Schmidt (PSD), e o secretário de Meio Ambiente, Andre Pitela, estiveram em reunião ontem, 22, na Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo (Sedest) para discutir o projeto com o secretário Márcio Nunes, em reunião agendada pelo deputado Hussein Bakri (PSD) e acompanhada pelo vereador Filipe Chociai.

“Estamos fazendo um trabalho forte com a recuperação de áreas ambientais e a oferta de espaços de lazer para nossa população. Com o Bosque Rio Verde, os moradores da cidade terão mais uma opção de espaço ao ar livre, além de garantirmos a recuperação ambiental da área e aproveitarmos o espaço. E teremos o apoio do Governo do Estado nesta iniciativa”, detalha a prefeita Elizabeth Schmidt.

O Bosque Rio Verde compreenderá a área onde hoje estão as estruturas do antigo Matadouro Municipal. O projeto prevê um parquinho infantil, academia da terceira idade, quadra poliesportiva, banheiros públicos, pista de caminhada e corrida, estacionamento e área para ciclistas, com compressor de ar e torneiras. Além dessa estrutura, o projeto contempla ainda a recuperação das margens do Rio Verde.

“Na reunião de hoje, pudemos discutir o projeto com o secretário Márcio Nunes, para que o Bosque Rio Verde esteja adequado às diretrizes da Sedest. Para este ano, queremos iniciar com a retirada dos entulhos e estrutura antiga do local. Devemos finalizar o projeto nas próximas semanas, para podermos publicar o edital de licitação e dar início a execução dos serviços o quanto antes”, explica o secretário de Meio Ambiente, Andre Pitela.

Na reunião, os representantes do Executivo municipal aproveitaram ainda para tratar do projeto de drenagem e reurbanização do arroio da Ronda, que enfrenta alagamentos de acordo com o volume das chuvas. (Com assessoria)


Compartilhe



Últimas notícias

Divulgação

3 de dezembro de 2021

Butina se reúne com equipe da Sudis por novas moradias

Divulgação

3 de dezembro de 2021

Parceria da Prefeitura com o Judiciário vai regularizar mais de 5 mil lotes em PG

Divulgação

3 de dezembro de 2021

Prefeitura entrega salas de aleitamento em 5 unidades de saúde

Arquivo

3 de dezembro de 2021

Prefeitura de PG aplica 2ª dose de Pfizer e dose de reforço para público 18+

Ver mais

Mais Lidas

Arquivo

11 de janeiro de 2017

Prefeitura quebrada, cidade abandonada e Rangel de malas prontas para cruzeiro no Caribe

Arquivo

31 de março de 2020

Ratinho Junior libera igrejas e outras atividades consideradas essenciais no Paraná

14 de agosto de 2017

Suposto patrocínio da UEPG em aniversário do MST gera polêmica nas redes sociais

Arquivo

28 de setembro de 2020

Ponta Grossa tem 456 candidatos a vereador em 2020; Confira a lista