20 de maio de 2024

Programa de Aquisição de Alimentos valoriza pequenos produtores em Ponta Grossa

Divulgação

92 produtores vão fornecer alimentos de qualidade para programas sociais.

A Prefeitura de Ponta Grossa, através da Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, realizou na sexta-feira, 17, a assinatura do Programa de Aquisição de Alimentos. Neste ano foram 92 produtores rurais cadastrados no programa. Eles vão proporcionar a compra de produtos para o programa Feira Verde, Programa Nacional de Alimentação Escolar, aquisição de produtos para as refeições das crianças nas Escolas Municipais e o Compra Direta, que serve para a aquisição de alimentos para programas sociais da Prefeitura.
Através do Programa de Aquisição de Alimentos, a Prefeitura investe na compra de produtos da agricultura familiar local, como hortaliças, frutas e legumes. As compras dos alimentos são realizadas através de chamadas públicas para credenciamento de interessados em serem fornecedores do Município, que disponibiliza produtos saudáveis e de qualidade para os programas sociais.
Para a prefeita Elizabeth Schmidt (União), o programa dá acesso ao pequeno produtor para mostrar o trabalho realizado, além de garantir comida de qualidade na mesa dos ponta-grossenses. “Através do programa de Aquisição de Alimentos, podemos incentivar os produtores a continuar produzindo. Para aqueles que têm acesso a esses produtos, há a possibilidade de uma alimentação saudável, com produtos de qualidade, garantindo a segurança alimentar das famílias”, ressalta a prefeita.
“São produtos saudáveis e de ótima qualidade, oriundos de pequenas propriedades rurais do município. Esses itens são a fonte dos alimentos usados na merenda escolar e em vários programas sociais”, explica o secretário de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Izaltino Cordeiro.
Em 2024, a Prefeitura firmou contrato com 92 famílias de pequenos agricultores para o fornecimento de mais de 390 mil quilos de produtos só para o programa Feira Verde. Ao todo foram investidos quase R$ 1,8 milhão. Podem participar dos programas de compra direta todos os agricultores familiares residentes em Ponta Grossa e com área de cultivo no município. No entanto, é preciso que o produtor tenha o Documento de Aptidão ao Pronaf (DAP) ou esteja inscrito no Cadastro da Agricultura Familiar (CAF/MDA). Uma vez cadastrado, o produtor pode apresentar projetos de venda à Prefeitura, com limite de R$ 20 mil por unidade produtiva. (Com assessoria)


Compartilhe



Últimas notícias

Divulgação

21 de junho de 2024

Portos do Paraná vence prêmio nacional de responsabilidade socioambiental

Divulgação

21 de junho de 2024

Cerimônia marca início das obras de cerca de R$ 32 milhões, em regiões da Bacia do Ronda em PG

Divulgação

20 de junho de 2024

Cerimônia marca o lançamento da pedra fundamental da indústria mexicana Cristalpet em PG

Divulgação

20 de junho de 2024

Prefeitura de Ponta Grossa lança livro sobre inovação do Vale dos Trilhos

Ver mais

Mais Lidas

Arquivo

11 de janeiro de 2017

Prefeitura quebrada, cidade abandonada e Rangel de malas prontas para cruzeiro no Caribe

Divulgação

8 de outubro de 2018

Conheça os 54 deputados estaduais eleitos no Paraná

Arquivo

31 de março de 2020

Ratinho Junior libera igrejas e outras atividades consideradas essenciais no Paraná

Divulgação

ORTIGUEIRA

24 de janeiro de 2022

“2022 deve ser um ano de mais vitórias”, afirma Ary Mattos