12 de abril de 2024

Ponta Grossa terá mais de 200 novas moradias pelo ‘Minha Casa, Minha Vida’

Arquivo

O Município foi um dos contemplados pelo Governo Federal no âmbito do programa 'Minha Casa, Minha Vida' nas modalidades Rural e Entidades.

A cidade de Ponta Grossa terá mais de 200 novas moradias populares. O Município foi um dos contemplados pelo Governo Federal no âmbito do programa ‘Minha Casa, Minha Vida’ (MCMV) nas modalidades Rural e Entidades. Serão mais 100 unidades em Ponta Grossa, sendo 50 para a área rural e mais 50 para a área urbana, em área cedida pela Prefeitura no Jardim Ouro Verde II.

Em Ponta Grossa, as 100 novas moradias foram conquistadas junto ao Governo Federal pela Organização Não Governamental União por Moradia Popular de Ponta Grossa, através de sua atuação no âmbito municipal.

“Estamos em curso com o maior programa de obras estruturantes da história da cidade e avançando cada dia mais, realizando ações com todo carinho, respeito e amor que temos por essa cidade e por suas pessoas, que hoje podem contar com a passagem a R$ 4 reais, com programas como o Vale Gás, o Feira Verde, a Patrulha Maria da Penha e tantos outros projetos que cuidam das nossas famílias em diferentes frentes. E as moradias populares são mais um passo para darmos condições dignas às famílias ponta-grossenses”, ressaltou a prefeita Elizabeth Schmidt (União), que agradeceu ao Governo Federal e à União por Moradia Popular.

“Na área rural, a destinação das moradias ficará a critério da ONG, mas na área urbana a Superintendência de Habitação participará das indicações, a partir do cadastro municipal, devido ao fato da área contemplada no Jardim Ouro Verde II ter sido cedida para esta finalidade, pelo Município”, diz o superintendente de Habitação de Ponta Grossa, João Horst, que explica que, além da participação na destinação das residências na área urbana, caberá à Prefeitura a seleção em conjunto das famílias, auxiliar nos projetos das unidades a serem construídas e acompanhar as obras, de acordo com os projetos propostos.

“Destinamos esta área pela demanda de pessoas que necessitam de moradia, como também pelo fato da Prefeitura viabilizar infraestrutura nesta região, com a instalação de saneamento básico e energia elétrica”, explica.

Horst destaca que após a publicação da portaria pelo Governo Federal, cabe à ONG desenvolver os projetos das unidades residenciais e os complementares, para que o município, de acordo com o código de obras, analise e aprove os projetos propostos. Cabe observar que cada unidade residencial deverá ter no mínimo 40 m², em conformidade com o Programa do Governo Federal.

“Depois da aprovação, serão encaminhados os projetos para análise da Caixa Econômica Federal para assinatura do contrato e liberação do recurso à Entidade”, explica o superintendente.

A secretária municipal da Família e do Desenvolvimento Social, Tatyana Belo, comenta que a Prefeitura terá em breve mais 104 moradias em área urbana pelo ‘Minha Casa, Minha Vida’ e mais 63 unidades habitacionais que serão construídas com recursos próprios do Município. “Com este anúncio, a cidade já conta em seu cronograma com a entrega de mais de 200 casas nos próximos meses, que contemplará os munícipes cadastrados e que atendam os requisitos federais de renda até dois salários mínimos, entre outros critérios estipulados pelo Município, que visam atender quem realmente precisa”, finaliza Tatyana. (Com assessoria)


Compartilhe



Últimas notícias

Divulgação

21 de maio de 2024

ACIPG e Sandro Alex debatem melhorias na região

Divulgação

21 de maio de 2024

Lideranças entregam Masterplan para Elizabeth

Divulgação

21 de maio de 2024

Multinacional sueca oferece curso de aperfeiçoamento para trabalhadores da indústria em PG

Divulgação

21 de maio de 2024

Prefeitos da região representam a AMCG na Marcha em Defesa dos Municípios

Ver mais

Mais Lidas

Arquivo

11 de janeiro de 2017

Prefeitura quebrada, cidade abandonada e Rangel de malas prontas para cruzeiro no Caribe

Divulgação

8 de outubro de 2018

Conheça os 54 deputados estaduais eleitos no Paraná

Arquivo

31 de março de 2020

Ratinho Junior libera igrejas e outras atividades consideradas essenciais no Paraná

Divulgação

ORTIGUEIRA

24 de janeiro de 2022

“2022 deve ser um ano de mais vitórias”, afirma Ary Mattos