21 de junho de 2022

Nas ferrovias e rodovias, a dura missão de resgatar veículos acidentados e preservar o meio ambiente

Divulgação

Mais de dois mil atendimentos de acidentes em vias férreas e rodovias no Brasil, entre eles, descarrilamento de locomotivas, tombamento de vagões, caminhões e carretas, fazem parte das ações emergenciais realizadas pela JM Serviços Integrados que chega aos 20 anos com mais experiência, maior número de equipamentos em campo e corpo funcional altamente especializado.

Uma empresa especializada em solucionar problemas ambientais, como tombamento de trens na Serra do Mar, acidentes de caminhões com produtos químicos inflamáveis em rodovias e evitar deslocamento de derramamento de óleo na costa brasileira, com barreira marítima. Esta empresa é a JM Serviços Integrados, com sede estratégica em Morretes, no Paraná, e atuação em todo Brasil.

Mais de dois mil atendimentos de acidentes em vias férreas e rodovias no Brasil, entre eles, descarrilamento de locomotivas, tombamento de vagões, caminhões e carretas, fazem parte das ações emergenciais realizadas pela JM Serviços Integrados que chega aos 20 anos com mais experiência, maior número de equipamentos em campo e corpo funcional altamente especializado.

“Com investimentos em novos equipamentos, mão de obra especializada, tecnologia e gestão, hoje, nossa empresa é uma das mais competitivas do mercado nacional. Somamos a isso a conquista de um dos melhores sistemas de gestão do mundo, sempre com foco na sustentabilidade”, explica o geógrafo e diretor-presidente da JM Serviços Integrados, Joanir Miranda.

A empresa, com sede em Morretes, mas com atendimento em todo o país, conta com mais de 150 equipamentos de pequeno, médio e grande portes, um patrimônio de R$ 60 milhões, além de 150 funcionários treinados para serviços de campo, está comemorando duas décadas neste mês de junho.

Após sucessivos atendimentos a acidentes ferroviários e rodoviários, a JM Serviços Integrados se especializou também na prestação de serviços em portos, aeroportos e indústrias. A empresa captou, recentemente, recursos financeiros e investirá R$ 60 milhões neste ano na compra de novos equipamentos para atender à demanda de serviços.

“Com mais este investimento de R$ 60 milhões, queremos dar prioridade, além da compra de novos equipamentos, em tecnologia e principalmente no nosso maior capital que é o nosso pessoal. No ano passado nossos investimentos ultrapassaram a R$ 40 milhões e, com o aporte de capital de uma empresa multinacional que atua na mesma área de emergências ambientais e prestação de serviços, pretendemos ampliar ainda mais nosso raio de ação e em cinco vezes mais o nosso faturamento”, afirma Miranda.

Atualmente, “depois de nossa experiência com o descarrilamento e tombamento de cinco vagões na Serra de Cubatão, no litoral paulista, onde desceram montanha abaixo várias toneladas de farelo de soja, atingindo um pequeno riacho, e resolvemos o problema que levaria mais de 30 dias, em apenas seis dias, estamos credenciados para solucionar qualquer grande acidente do gênero no Brasil”, garante o empresário.

Este foi o maior desafio da empresa, diz Joanir Miranda, ao lembrar da operação de guerra montada para solucionar o problema que poderia causar sérios danos ao meio ambiente. “Montamos uma pequena caravana, com equipamentos especializados, carros, caminhões e 30 trabalhadores com experiência em matas. Construímos uma pequena estrada de ferro de madeira e, com um equipamento improvisado, resgatamos toda a carga do enorme buraco, promovendo a devida limpeza do local sem atingir o meio ambiente, preservando as árvores e a vegetação”.

A experiência e o sucesso na prestação dos serviços, chamaram a atenção de outras empresas que mantém concessão em ferrovias e rodovias. Assim, a JM Serviços Integrados passou a conquistar novos contratos de trabalho. Somente na Serra do Mar paranaense foram dezenas de atendimentos com tombamento de locomotivas e vagões.


QUEM É E O QUE FAZ A JM SERVIÇOS INTEGRADOS

É uma empresa com sede em Morretes, litoral paranaense, com 150 funcionários, mas com prestação de serviços de atendimento a acidentes ferroviários, rodoviários, portuários, aeroportuários e industriais em todo o Brasil. Com um patrimônio em equipamentos equivalente a R$ 60 milhões, a empresa foi fundada pelo geógrafo Joanir Miranda, 43 anos.

SERVIÇOS:

-Resgate de cargas

-Terraplanagem

-Remoção de resíduos e entulhos

-Transporte de equipamentos pesados

-Transporte de combustíveis

-Transporte de combustíveis para locomotivas

-Demolições médias e pesadas

-Contenção de vazamentos de produtos químicos e combustíveis

-Raspagem e retirada de solo contaminado

-Transbordo de tanques de combustíveis

JM SERVIÇOS INTEGRADOS

MORRETES – PARANÁ – BRASIL

Telefone: (41) 3462-3535

https://jmservicosintegrados.com/

(Com assessoria)

Compartilhe



Últimas notícias

Arquivo

29 de junho de 2022

HU-UEPG abre mais 10 leitos cirúrgicos

Divulgação

29 de junho de 2022

Ratinho Junior anuncia criação do 10º Subgrupamento de Bombeiros Independente, em Irati

Arquivo

28 de junho de 2022

Aliel entrega reforma de ginásio em Irati e recursos para a região

Divulgação

28 de junho de 2022

Em Brasília, Elizabeth busca mais médicos e recursos para a Saúde

Ver mais

Mais Lidas

Arquivo

11 de janeiro de 2017

Prefeitura quebrada, cidade abandonada e Rangel de malas prontas para cruzeiro no Caribe

Arquivo

31 de março de 2020

Ratinho Junior libera igrejas e outras atividades consideradas essenciais no Paraná

14 de agosto de 2017

Suposto patrocínio da UEPG em aniversário do MST gera polêmica nas redes sociais

Arquivo

28 de setembro de 2020

Ponta Grossa tem 456 candidatos a vereador em 2020; Confira a lista