1 de abril de 2024

Governo do Estado destina R$ 7 milhões para construção da maternidade de Reserva

Divulgação

Maternidade será construída anexa ao Pronto Atendimento de Reserva e beneficiará não só mulheres do Município, mas também de localidades vizinhas. A unidade terá capacidade para até 20 partos por mês e contará com Centro Cirúrgico Obstétrico, banco de leite, posto de enfermagem e sete leitos.

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Saúde (Sesa), autorizou na última semana um repasse de R$ 7 milhões para a construção da maternidade do Município de Reserva, nos Campos Gerais. O objetivo da unidade é fortalecer e ampliar o cuidado à mulher na região, ofertando um serviço humanizado durante o processo de gestação e parto.

O encontro em que foi confirmada destinação do recurso, realizado no Palácio Iguaçu, em Curitiba, teve a participação do vice-governador Darci Piana (PSD) e do secretário estadual da Saúde, Beto Preto.

“O Paraná dá um grande salto em relação à descentralização da saúde, que nada mais é do que aproximar estes serviços do cidadão, evitando que ele tenha que se deslocar grandes distâncias para receber atendimento. Essa obra é mais um exemplo desse grande projeto”, afirmou Piana.

Com uma área de aproximadamente 900 metros quadrados, a maternidade será construída anexa ao Pronto Atendimento de Reserva e beneficiará não só mulheres residentes no município, mas também de localidades vizinhas. Elas terão acesso a um atendimento especializado e próximo de suas comunidades. A unidade terá capacidade para até 20 partos por mês e contará com Centro Cirúrgico Obstétrico, banco de leite, posto de enfermagem e sete leitos.

“São mais de 1,2 mil obras apenas na saúde e hoje passamos a incluir, também, a maternidade de Reserva. Um grande presente ao município, que completou 103 anos nessa semana”, destacou Beto Preto.

O prefeito Lucas Machado enfatizou o benefício da nova maternidade para as famílias da cidade. “Essa obra fará a diferença na vida de muitas pessoas e dará uma nova perspectiva no cuidado materno-infantil em Reserva”, afirmou.

PRESENÇAS – Os deputados estaduais Márcia Huçulak e Evandro Araújo acompanharam a liberação de recursos. (Com AEN)


Compartilhe



Últimas notícias

Divulgação

17 de abril de 2024

Prefeitura de PG anuncia telemedicina para atendimento à saúde da população

Divulgação

17 de abril de 2024

Municípios da AMCESPAR assinam adesão ao COGEMATE

Divulgação

17 de abril de 2024

Esquadrilha da Fumaça se apresenta no Centro de Eventos neste sábado

Divulgação

17 de abril de 2024

Fomento Paraná traz Caravana de Crédito para Ponta Grossa amanhã

Ver mais

Mais Lidas

Arquivo

11 de janeiro de 2017

Prefeitura quebrada, cidade abandonada e Rangel de malas prontas para cruzeiro no Caribe

Divulgação

8 de outubro de 2018

Conheça os 54 deputados estaduais eleitos no Paraná

Arquivo

31 de março de 2020

Ratinho Junior libera igrejas e outras atividades consideradas essenciais no Paraná

Divulgação

ORTIGUEIRA

24 de janeiro de 2022

“2022 deve ser um ano de mais vitórias”, afirma Ary Mattos