15 de abril de 2024

Gestores se reúnem com Ministério da Cultura para fortalecer o setor nos Campos Gerais

Divulgação

Evento realizado em Ponta Grossa hoje, 15, colocou em pauta ações de incentivo à cultura.

O 1º Encontro de Gestores de Cultura da Macrorregião dos Campos Gerais colocou em pauta hoje, 15, as principais demandas e a execução de políticas públicas voltadas ao setor cultural. O evento realizado em Ponta Grossa teve a presença de secretários e demais representantes da cultura que atuam nos municípios que fazem parte da Associação dos Municípios dos Campos Gerais (AMCG) e também de outras localidades do Paraná. Também estiveram presentes representantes do Governo do Estado e do Ministério da Cultura.

A programação teve início ainda no período da manhã, com um debate acerca do panorama geral da cultura na macrorregião dos Campos Gerais, mediado pela Agente Regional de Cultura dos Estado, Andressa Oliveira Silva. “Nosso objetivo é levantar as pautas mais pertinentes. Esse vínculo entre Estado, municípios e o Ministério da Cultura é importante para que as prefeituras possam executar as suas leis da melhor maneira possível, garantindo um processo mais tranquilo com todas as normativas existentes”, apontou.

O coordenador da AMCG Cultura, secretário municipal de Ponta Grossa e anfitrião do evento, Alberto Portugal, também exaltou o encontro. “É um privilégio receber em Ponta Grossa tantos gestores da nossa região. O evento sem dúvida trará bons resultados para os nossos municípios em termos de gestão de cultura. Poder dialogar diretamente com representantes do Estado e do Ministério é sempre uma ótima oportunidade. Ações como essa ajudam a dar voz aos gestores e também possibilitam uma maior troca de experiências”, disse.

No período da tarde, também houve um diálogo voltado à descentralização da cultura no Paraná, com o objetivo de garantir apoio ao setor em municípios de menor porte. Outro ponto abordado ao longo do dia diz respeito à execução da Política Nacional Aldir Blanc (PNAB). Por meio dessa política, será possível investir regularmente em projetos e programas, não só de modo emergencial, como foi na Lei Aldir Blanc 1 e na Lei Paulo Gustavo.

APOIO DO MINC – Durante a sequência do evento, na Biblioteca Pública Municipal, foram debatidas ações ofertadas pelo Ministério da Cultura (MINC). Nesta etapa, a Coordenadora do Escritório do MINC no Paraná, Loana Alves Campos, detalhou pautas junto aos gestores municipais. “O nosso escritório estadual é uma estratégia nova, que surgiu com a missão de garantir uma maior proximidade junto aos municípios. Poder apresentar isso em um encontro presencial é muito importante. Espero que possamos realizar todas as políticas da melhor maneira possível”, destacou.

Loana ainda explica que o grande foco do Ministério neste momento é trabalhar em torno da Lei Paulo Gustavo e da Política Nacional Aldir Blac. “O principal objetivo é poder executar essas ações de maneira correta, para que o recurso chege aos artistas e os gestores tenham suporte com relação às questões técnicas. Temos o decreto de fomento, que é nosso grande orientador enquanto Ministério para a execução dessas políticas. Saímos daqui com diversas ações para que as prefeituras consigam também finalizar os sistemas municipais de cultura”, explicou. (Com assessoria)


Compartilhe



Últimas notícias

Divulgação

21 de maio de 2024

ACIPG e Sandro Alex debatem melhorias na região

Divulgação

21 de maio de 2024

Lideranças entregam Masterplan para Elizabeth

Divulgação

21 de maio de 2024

Multinacional sueca oferece curso de aperfeiçoamento para trabalhadores da indústria em PG

Divulgação

21 de maio de 2024

Prefeitos da região representam a AMCG na Marcha em Defesa dos Municípios

Ver mais

Mais Lidas

Arquivo

11 de janeiro de 2017

Prefeitura quebrada, cidade abandonada e Rangel de malas prontas para cruzeiro no Caribe

Divulgação

8 de outubro de 2018

Conheça os 54 deputados estaduais eleitos no Paraná

Arquivo

31 de março de 2020

Ratinho Junior libera igrejas e outras atividades consideradas essenciais no Paraná

Divulgação

ORTIGUEIRA

24 de janeiro de 2022

“2022 deve ser um ano de mais vitórias”, afirma Ary Mattos