7 de maio de 2021

Desastre na saúde e na economia impacta a dignidade das pessoas, afirma Romanelli

Arquivo

O deputado ressalta pesquisa da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), que revela que a atividade econômica no País teve queda de 6,7%, e os recentes dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas), que mostram que 14,4 milhões de brasileiros estão fora do mercado formal.

O deputado estadual Luiz Claudio Romanelli (PSB) afirmou hoje, 07, que o Brasil vive um verdadeiro desastre na saúde e na economia. “Além do triste número de mortes e infecções, a pandemia está provocando tragédias na econômica, no emprego e na dignidade das pessoas”, afirma Romanelli ao se referir às pesquisas que demonstram a retração da atividade econômica e das oportunidades de emprego e renda.

Romanelli ressalta pesquisa da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), que revela que a atividade econômica no País teve queda de 6,7%, e os recentes dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas), que mostram que 14,4 milhões de brasileiros estão fora do mercado formal. Para o deputado, são dados preocupantes e não há perspectiva de reversão do quadro no curto prazo.

“O quadro é de desalento e de baixas expectativas para o fim desta crise. Tristemente, o impacto de renda atinge as classes C e D e muita gente hoje sobrevive de doações por não ter o mínimo para sua subsistência. Isso impacta a dignidade das pessoas”, avalia Romanelli. “A vacinação em massa é a solução, mas os desmandos do governo federal demonstram que não há como acreditar nisso num curto período de tempo”.

PESQUISA – A pesquisa divulgada pela Firjan na quinta-feira, 6, revela que a atividade econômica no Brasil caiu 6,7% no período de 12 meses, entre março de 2020 e fevereiro de 2021. O levantamento avalia o desempenho de três grandes setores econômicos no período: indústria, comércio e serviços.

De acordo com o estudo da Firjan, a retração no setor de serviços atingiu 8,3%. A indústria teve queda de 4,2% e a atividade do comércio caiu 1,9%. Para a entidade “a velocidade e o sucesso do programa de imunização contra a Covid-19 são fundamentais para que o país consiga superar a crise gerada pela pandemia”.

Os dados do estudo são do IBGE e consideram informações de 14 estados que mantém suas bases atualizadas. Somados, estes estados representam 87,8% do Produto Interno Bruto (PIB) nacional. (Com assessoria)


Compartilhe



Últimas notícias

Divulgação

14 de junho de 2021

Social lança campanha do Agasalho “Boa de doar” em Castro

Divulgação

14 de junho de 2021

Fiscalização aplica R$ 70 mil em multas por irregularidades

Divulgação

14 de junho de 2021

UPA Santa Paula passa a produzir seu próprio oxigênio para atender pacientes

Arquivo

14 de junho de 2021

Prefeitura divulga cronograma de vacinação para os dias 14 e 15 de junho

Ver mais

Mais Lidas

Arquivo

11 de janeiro de 2017

Prefeitura quebrada, cidade abandonada e Rangel de malas prontas para cruzeiro no Caribe

Arquivo

31 de março de 2020

Ratinho Junior libera igrejas e outras atividades consideradas essenciais no Paraná

14 de agosto de 2017

Suposto patrocínio da UEPG em aniversário do MST gera polêmica nas redes sociais

Arquivo

28 de setembro de 2020

Ponta Grossa tem 456 candidatos a vereador em 2020; Confira a lista