Mabel Canto registra propostas em cartório e rejeita fundo partidário

25/07/18

Publicado por Mabel Canto em Quarta-feira, 25 de julho de 2018

Thalita Rocha

Pelas redes sociais, a candidata a deputada estadual Mabel Canto (PSD), divulgou um documento assinado e registrado em cartório a respeito de suas propostas para o mandato, caso seja eleita. “A gente está cansado dessa velha política. O período agora é de renovação”, disse.

Entre as propostas está a do cumprimento integral do mandato.  “Vou cumprir integralmente o meu mandato, não tem eleições municipais no meio que me tirem do meu mandato”, disse.

Sobre a gestão econômica das verbas disponibilizadas aos deputados, Mabel garantiu que só receberá metade do salário e recursos, inclusive a verba destinada para a contratação de assessores. “Se eu não puder devolver a outra metade aos cofres públicos, que seria o mais correto, eu vou destinar esse 50% para entidades aqui de Ponta Grossa, para que continuem ajudando o povo”, garantiu. A candidata também afirma que não vai receber auxílio moradia. “Eu vou todos os dias para Curitiba quando tiver sessão e vou voltar pra Ponta Grossa, porque eu moro aqui e vou continuar morando”, ressalta. Os deputados estaduais não têm direito a auxílio moradia, somente o ressarcimento de despesas com hospedagem.

Com relação ao financiamento da campanha, Mabel relevou que não pretende usar recursos do fundo partidário. “Eu entendo que isso é dinheiro público, que deve ser usado em outras áreas, como a saúde, por exemplo”, comentou.

Mabel também reforçou que seu plano é baseado na transparência. Ela garante que as ações serão divulgadas num site próprio, além do Portal da Transparência. “Vai ter fácil acesso”.

“Essas nossas propostas vêm de encontro ao que a população deseja, que é o fim dos privilégios dos políticos e o bom gerenciamento do dinheiro público”, conclui.