20 de agosto de 2019

Vereador divulga “Devedômetro” do Município de Ponta Grossa que ultrapassa R$ 100 milhões

Blog do Johnny

Nos próximos dias o vereador Pietro Arnaud promete divulgar a listagem do credores “sem atraso”, que não se sabe o motivo, sempre possuem prioridade na realização dos pagamentos feitos pela municipalidade.

O vereador Pietro Arnaud disponibilizou o “Devedômetro” Municipal e informa que semanalmente irá divulgar em seu site a lista atualizada dos credores do Município de Ponta Grossa que possuem empenhos à pagar. As informações compiladas pelo parlamentar dão conta de uma dívida de R$ 102.750.976,81, referente ao período de 01/01/2016 à agosto de 2019. “Os dados revelam que o Município de Ponta Grossa, muitas vezes, ao deixar de pagar algumas de suas dívidas, contribui para o aumento do índice de empresas que caminham para a falência e também, para o aumento do desemprego em Ponta Grossa, o que é incontestavelmente o resultado da inadimplência, e demora da realização do pagamento por parte do Poder Público”, denuncia o vereador.

O estudo elaborado pelo parlamentar, teve como principal objetivo, demonstrar a necessidade de cautela por parte do chefe do Poder Executivo Municipal, que recentemente, vem aumentando sobremaneira o endividamento municipal, o que pode inviabilizar a gestão municipal futura, e submeter o Município  a uma enxurrada de ações judiciais cominadas com sequestros financeiros, o que certamente inviabilizaria o pagamento da folha de pagamento municipal que hoje conta com cerca de 9 mil servidores, 311 cargos comissionados e mais de 700 estagiários.

Pietro ressalta que há entendimento consolidado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) que se o particular tiver fornecido o objeto ou prestado o serviço, a administração tem a obrigação de realizar os pagamentos devidos, sob pena de enriquecimento ilícito. Ainda, o fornecedor credor poderá pleitear a suspensão ou rescisão do contrato nos casos de inadimplemento superior a 90 dias podendo requerer junto aos órgãos de controle a responsabilização dos administradores públicos pela má gestão nos contratos firmados.

DA LISTAGEM – Trata-se de uma tabela disponível nos formatos Excel e PDF, onde o cidadão, pode acompanhar os empenhos por exercício, data, nome do fornecedor, justificativa, valor empenhado, valor anulado, valor liquidado, valor retido, valor pago e valor a pagar.

Pietro informa que tem sido procurado por inúmeros fornecedores desesperados com os sucessivos atrasos dos pagamentos por parte da Prefeitura de Ponta Grossa e esclarece que tomou a medida, uma vez que o Município também colocou em seu site o Devêdometro de IPTU. “Infelizmente, o Município de Ponta Grossa vem se endividando cada vez mais, o que compromete o futuro da Prefeitura de Ponta Grossa, que está sujeita a quebrar nos próximos anos”, afirma o parlamentar, esclarecendo que o total da dívida a pagar, constante das planilhas, que foi possível apurar, é de R$ 102.750.976,81, entretanto, ressalta que segundo o demonstrativo da dívida consolidada, o valor total é de R$ 433.464.399,22, enquanto a Divida Fundada é de R$ 436.471.113,89 e o valor total dos Restos a Pagar entre os períodos de 01/01/2019 à 31/07/2019 totaliza R$ 6.871.101,10.

Nos próximos dias o parlamentar promete divulgar a listagem do credores “sem atraso”, que não se sabe o motivo, sempre possuem prioridade na realização dos pagamentos feitos pela municipalidade e ressalta que o artigo 66 da Lei 8.666/93 que regula os contratos administrativos, a respeito da inexecução dos mesmos, obriga a necessidade do poder público respeitar a ordem cronológica de exigibilidade dos créditos, nos termos do artigo 5º da mesma Lei que determina que no pagamento das obrigações relativas ao fornecimento de bens, locações, realização de obras e prestação de serviços, o Município precisa obedecer, para cada fonte diferenciada de recursos, a estrita ordem cronológica das datas de suas exigibilidades, salvo quando presentes relevantes razões de interesse público e mediante prévia justificativa da autoridade competente, devidamente publicada.

Acesse aqui o DEVEDÔMETRO da Prefeitura Municipal de Ponta Grossa em PDF e EXCEL. (Com assessoria)


Compartilhe



Últimas notícias

Arquivo

18 de outubro de 2019

Maurício Silva se prepara para reassumir mandato

Divulgação

18 de outubro de 2019

Compliance é marca de inovação na administração pública do Estado

Divulgação

18 de outubro de 2019

Castro recebe prêmio em Saúde Bucal

Divulgação

17 de outubro de 2019

Unidade aérea da Polícia Militar tem novo comandante

Ver mais

Mais Lidas

Arquivo

11 de janeiro de 2017

Prefeitura quebrada, cidade abandonada e Rangel de malas prontas para cruzeiro no Caribe

14 de agosto de 2017

Suposto patrocínio da UEPG em aniversário do MST gera polêmica nas redes sociais

Arquivo

"RAMBO"

10 de fevereiro de 2017

“Vou fechar todos os buracos da cidade em seis meses ou não me chamo Márcio Ferreira”, impõe meta secretário

Divulgação

9 de setembro de 2019

Secretário Superman é socorrido após levar surra