13 de maio de 2019

TV Educativa será canal de promoção do turismo estadual

Divulgação

Nova programação destaca as belezas naturais e o potencial turístico do Estado. A mudança no perfil da emissora atende diretriz do governador Carlos Massa Ratinho Junior de transformar o turismo em ferramenta para o desenvolvimento socioeconômico do Paraná.

Uma nova TV Paraná Educativa entra no ar amanhã, 14. A partir das 20 horas, com a estreia do programa AgroTur, a emissora deixa de retransmitir apenas a TV Cultura de São Paulo e adota uma nova grade de programação, com destaque para a promoção das belezas do Estado.

A emissora passa a se chamar TV Paraná Turismo, e terá como âncoras programas com dicas de viagens, fauna, pescaria, agroturismo, entre outros. A apresentação da nova fase da Rádio e Televisão Educativa (RTVE) ocorre hoje, 13, em evento no Canal da Música.

Segundo o secretário da Comunicação e Cultura, Hudson José, a mudança no perfil da emissora atende uma diretriz do governador Carlos Massa Ratinho Junior (PSD), que estabeleceu como meta de gestão a promoção do turismo estadual como ferramenta para o desenvolvimento socioeconômico do Paraná.

“É uma grade para falar do Paraná, tendo o turismo, a educação e a cultura como ferramentas. A intenção é levar o turismo do Estado a um patamar diferenciado, mostrar para todo o Brasil o que temos aqui”, destaca Ruy Façanario, diretor-presidente da RTVE, acrescentando que por meio de satélite os programas chegarão a cerca de 28 milhões de pessoas no país, além da população paranaense.

MODELO –Inicialmente, a Paraná Turismo estreia com sete horas semanais de programação local. Mas a ideia, explica Façanario, é fechar 2019 com até quatro horas na grade diária. “Será uma TV pública, mas não política, acatando um pedido do governador. Carregaremos a bandeira do turismo para gerar renda e desenvolvimento nas cidades”, revela ele.

Mesmo antes de estrear, a Paraná Turismo já desperta a atenção. A nova linha editorial do canal chamou a atenção de diversos estados durante o Fórum Nacional de Emissoras Públicas de Rádio e TV, semana passada, em Brasília (DF). Representantes de Amazonas, Pará, Pernambuco e Rio Grande do Norte se interessaram pela política da televisão e já se preparam para desembarcar em Curitiba e conhecer detalhes da programação.

AVENTURA –Entre os destaques da nova grade está o programa do biólogo Richard Rasmussen. Com passagens por SBT, Record e Band, vai explorar o turismo de aventura pelo Estado. A atração tem estreia prevista para julho. “Estou animadíssimo, na fase de desenvolvimento das pautas. Dessa vez não será só bicho e gente, traremos junto a parte turística, com todos os elementos como natureza, culinária e artesanato”, conta.

Além da bandeira do turismo, a televisão pública seguirá apoiando e transmitindo eventos importantes para o desenvolvimento do Estado, como a bienal de Curitiba, o campeonato paranaense de futsal e uma competição que une esporte e aventura, previsto para o segundo semestre.

“Estou muito entusiasmado com o que estou vendo, com essa parceria. O Paraná é rico, e o turismo precisa ser difundido, precisa de divulgação. Só uma TV forte como a nossa para fazer isso, levar as belezas do Estado para fora”, ressalta João Jacob Mehl, presidente da Paraná Turismo. (Com AEN)


Compartilhe



Últimas notícias

Arquivo

18 de julho de 2019

Com mil imóveis desocupados, Prefeitura de Ponta Grossa gasta R$ 200 mil por mês em locações

Divulgação

18 de julho de 2019

Paraná busca tecnologias e troca de experiências em segurança pública

Divulgação

18 de julho de 2019

Novo portal traz um mapa para atração de investimentos ao Paraná

Divulgação

18 de julho de 2019

Detran estimula soluções inteligentes para a mobilidade urbana

Ver mais

Mais Lidas

Arquivo

11 de janeiro de 2017

Prefeitura quebrada, cidade abandonada e Rangel de malas prontas para cruzeiro no Caribe

Arquivo

28 de agosto de 2018

Vaza áudio de secretário de Cida falando sobre dinheiro em troca de apoio

14 de agosto de 2017

Suposto patrocínio da UEPG em aniversário do MST gera polêmica nas redes sociais

Arquivo

"RAMBO"

10 de fevereiro de 2017

“Vou fechar todos os buracos da cidade em seis meses ou não me chamo Márcio Ferreira”, impõe meta secretário