Suposta chopada no Hospital Regional gera polêmica nas redes sociais

11/10/17

Reprodução/Arquivo

A autorização para o serviço foi dada pela FAUEPG, que não quis comentar o caso. O diretor do Hospital, Everson Krum, nega o pagamento e a entrega na unidade

A autorização para o serviço foi dada pela FAUEPG, que não quis comentar o caso. O diretor do Hospital, Everson Krum, nega o pagamento e a entrega na unidade

Uma autorização de serviço para a compra de 210 litros de chopp do tipo Pilsen tradicional, da marca Koch Bier, timbrada e assinada pelo presidente da Fundação de Apoio ao Desenvolvimento Institucional, Científico e Tecnológico da Universidade Estadual de Ponta Grossa (FAUEPG), Carlos Alberto Volpi, mantenedora do Hospital Universitário Regional dos Campos Gerais, no valor de R$ 1.890,00, à ser entregue no Hospital, vem gerando polêmica nas redes sociais.

O documento, datado no dia 28 do mês passado, aponta como endereço de cobrança a sede da FAUEPG e informa que o pagamento será efetuado em até 30 dias após a entrega da mercadoria.

Procurado pela reportagem do BLOG DO JOHNNY, Volpi não quis comentar o caso. O diretor do Hospital, Everson Krum, nega o pagamento e a entrega no hospital. Segundo ele, houve uma confusão e o chopp era destinado a uma festa de residentes do hospital que ocorreu fora da unidade. “Os residentes organizaram uma festa, do Dia do Residente, 30 de setembro, e erroneamente foi colocado como local de entrega aqui no hospital. Os residentes tem uma conta de algumas verbas que eles recebem e arrecadam e mantém na Fundação [FAUEPG]. Havia outras coisas envolvidas, como refeição, e acabou sendo feita esta cotação e local de entrega aqui no hospital. A festa nem foi aqui, imagina se vai ter chopp dentro de hospital”, esclareceu Krum. “Sofremos a fiscalização do Tribunal de Contas do Estado e seria um erro infantil nosso pagarmos chopp”, completou, informando que a despesa foi paga pelos preceptores (orientadores dos médicos residentes).



Últimas notícias


Mais Vistos