11 de abril de 2017

Sanepar implanta 38,7quilômetros de novas redes de água em Ponta Grossa

Divulgação

Cerca de R$ 20 milhões estão sendo investidos para aumentar a quantidade de água tratada disponível aos moradores da região norte da cidade

A Sanepar está ampliando o sistema de abastecimento água de Ponta Grossa, uma das maiores obras da Companhia em andamento no Paraná. Cerca de R$ 20 milhões estão sendo investidos para aumentar a quantidade de água tratada disponível aos moradores da região norte da cidade.

Neste momento, estão sendo instalados 38,7 quilômetros de novas redes e adutoras, que vão ampliar o transporte da água, desde a Estação de Tratamento de Água, que fica no Jardim Carvalho, até o Reservatório Los Angeles. Depois segue para as redes de distribuição menores, que permitem que a água tratada chegue até os imóveis.

Esta etapa das obras beneficia principalmente o setor chamado operacionalmente pela Companhia de “Los Angeles”, mas que abrange, além deste, os bairros Boa Vista, Chapada, Nova Rússia e Contorno, um universo estimado em 89 mil famílias. De acordo com o gerente-geral da Sanepar da Região Sudeste, Fabio Leal Oliveira, o investimento é fundamental para manter a regularidade do abastecimento pelos próximos anos, levando em conta a expansão urbana e o adensamento populacional que vem sendo observados naquela região da cidade.

As obras no sistema de abastecimento de Ponta Grossa incluem ainda a instalação de equipamentos de medição e controle de vazão e estações elevatórias de água tratada, bem como um novo reservatório. Já em construção, ele terá capacidade para armazenar cinco milhões de litros de água tratada.

 

INTERLIGAÇÕES – Em paralelo à construção do reservatório e a instalação das redes de água, a Sanepar deu início, neste mês, às interligações das tubulações para que possam ter conexão com o restante do sistema e assim transportar a água até os imóveis. Ao todo, elas somam mais de mil pontos em toda a extensão da nova rede, que tem diâmetros variados entre 50 e 500mm.

Em abril, a Companhia fará as interligações de redes nas vilas Izabel, Borato, Real, Congonhas e Vila Romana. Em maio, as frentes de trabalho dão continuidade às interligações na Vila Congonhas, Parque do Café, Núcleo Santa Luzia, Chapada e Cristo Rei. Para o mês de junho, estão previstas as interligações de redes no Los Angeles, Jardim Monte Carlo e Boa Vista.

Para fazer as interligações, o abastecimento poderá ser interrompido em pequenos trechos, como uma ou duas quadras por vez, por um curto espaço de tempo. Estes serviços estão sendo feitos entre as terças e as quintas-feiras e não comprometem o abastecimento para os clientes que possuem reservatório domiciliar. As interligações de maior porte, com maior área de abrangência e maior duração, serão comunicadas à população com antecedência. (Com AEN)


Compartilhe



Últimas notícias

Arquivo

21 de janeiro de 2021

Um governo de continuidade dos bons projetos, ressalta Elizabeth

Divulgação

20 de janeiro de 2021

“Não aceitamos uma licitação viciada”, afirma Romanelli sobre novo pedágio

Arquivo

20 de janeiro de 2021

Hussein Bakri entrega viatura para Guarda e cumpre agenda amanhã em PG

Divulgação

20 de janeiro de 2021

Maribel Krum assume comando da Guarda Civil Municipal

Ver mais

Mais Lidas

Arquivo

11 de janeiro de 2017

Prefeitura quebrada, cidade abandonada e Rangel de malas prontas para cruzeiro no Caribe

Arquivo

31 de março de 2020

Ratinho Junior libera igrejas e outras atividades consideradas essenciais no Paraná

14 de agosto de 2017

Suposto patrocínio da UEPG em aniversário do MST gera polêmica nas redes sociais

Arquivo

28 de setembro de 2020

Ponta Grossa tem 456 candidatos a vereador em 2020; Confira a lista