Ratinho Junior aponta que o Paraná precisa ser planejado a médio e longo prazo

12/09/18

Divulgação

Em encontro com representantes do setor de combustíveis, Ratinho Junior reforçou o compromisso de implantar projetos que melhorem a infraestrutura.

Associados do Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis, Derivados de Petróleo, Gás Natural, Biocombustíveis e Lojas de Conveniência do Paraná (SINDICOMBUSTÍVEIS), que representa mais de três mil postos e gera mais de 50 mil empregos, receberam na manhã de hoje, 12, o candidato ao governo do Estado, Ratinho Junior (PSD).

Na pauta estavam as reivindicações do setor, entre elas, a desburocratização. Os representantes do segmento pedem, além outras coisas, que o processo de concessão e renovação de licenças ambientais seja digital. A demanda vai ao encontro do que é proposto pelo plano de governo do candidato. “Os projetos apresentados por Ratinho Jr. trazem soluções que todo cidadão gostaria que efetivamente fossem aplicadas. A intenção dele de diminuir os gastos da máquina pública nos dá esperança de que o custo do Estado seja menor e que sobrem recursos para investir e reduzir a carga tributária”, declara o vice-presidente do SINDICOMBUSTÍVEIS, Giuseppe Salamone.

No bate-papo com os presentes, Ratinho Jr. apresentou as ideias que tem para desenvolver o Paraná. Ele falou da demora na resolução dos problemas, causada em parte pelo excesso de profissionais que participam das decisões, e reforçou a necessidade de um planejamento das ações a médio e longo prazo. “Precisamos fazer projeções pensando nas próximas décadas, temos que pensar em amenizar problemas futuros que serão administrados por outros governantes. Em toda a história do Paraná não foi feito um plano diretor de infraestrutura. Para projetar negócios futuros, que vão colaborar para a economia do Estado, os empresários do agronegócio, por exemplo, precisam saber quais estradas serão construídas, quais ferrovias serão reformadas”, afirma o candidato. (Com assessoria)




Últimas notícias


Mais Vistos