18 de setembro de 2019

Rangel alega que Fundo do Transporte é importante, mas deixa de recorrer em ação que contesta projeto

Arquivo

Cinco irregularidades motivaram o parecer pela desaprovação das contas, entre elas a realização ilegal de gastos com publicidade institucional nos três meses que antecederam as eleições municipais daquele ano.

O Ministério Público do Estado do Paraná, na ação suspendeu o trâmite do Projeto de Lei (PL) nº 211/2019, que previa a criação do Fundo Municipal de Transporte Coletivo Urbano, reconheceu ontem, 17, aparente vício formal insanável no trâmite do PL, o que torna, segundo o MP, “imperiosa a reforma da decisão interlocutória agravada, manifestando-se pelo conhecimento e provimento do recurso no sentido de reformar a decisão da Justiça de Ponta Grossa que havia negado a liminar”.

O parecer do MP foi expedido no mesmo dia em que o prefeito Marcelo Rangel (PSDB) determinou o aumento da Tarifa do Transporte Coletivo para R$ 4,30.

“Em que pese o prefeito Marcelo Rangel afirmar que o Fundo é importante para Ponta Grossa, até o presente momento não recorreu da decisão e os prazos do Executivo decorreram sem manifestação”, aponta o vereador Pietro Arnaud (Rede) que assina a ação, juntamente com os vereadores Ricardo Zampieri (PSL), Eduardo Kalinoski (PSDB), George de Oliveira (PMN), Geraldo Stocco (Rede), “Valtão” (PP), Sargento Guiarone (PROS) e Doutor Magno (PDT).
Agravo de instrumento impetrado pelos vereadores contra o prefeito Marcelo Rangel e o presidente da Câmara Municipal de Ponta Grossa, Daniel Milla (PV), junto ao Tribunal de Justiça do Estado do Paraná (TJ-PR), após decisão do juízo em 1º grau que indeferiu pedido de liminar requerida pelos parlamentares em mandado de segurança, suspendendo a tramitação do Projeto de Lei número 211/2019, que cria o Fundo Municipal de Transporte Coletivo Urbano do Município de Ponta Grossa, no último dia 15 de julho. (Com assessoria)


Compartilhe



Últimas notícias

Divulgação

29 de maio de 2020

Prefeitura reduz despesa com pessoal, mas continua acima do Limite Prudencial

Arquivo

29 de maio de 2020

Paraná soma 4.236 diagnósticos de coronavírus e 173 mortes

Arquivo

29 de maio de 2020

Lei moderniza gestão de cargos nas universidades

Divulgação

29 de maio de 2020

Projeto quer trancamento gratuito de matrícula de ensino superior

Ver mais

Mais Lidas

Arquivo

11 de janeiro de 2017

Prefeitura quebrada, cidade abandonada e Rangel de malas prontas para cruzeiro no Caribe

Arquivo

31 de março de 2020

Ratinho Junior libera igrejas e outras atividades consideradas essenciais no Paraná

14 de agosto de 2017

Suposto patrocínio da UEPG em aniversário do MST gera polêmica nas redes sociais

Arquivo

"RAMBO"

10 de fevereiro de 2017

“Vou fechar todos os buracos da cidade em seis meses ou não me chamo Márcio Ferreira”, impõe meta secretário