CASTRO

12 de junho de 2018

Proerd forma mais 600 alunos

Divulgação

A solenidade aconteceu no Ginásio de Esportes Padre Pagnacco com a presença de autoridades e pais de alunos

“Luzes, câmera, ação. Hoje é dia de Proerd!” Com este grito de guerra, 618 alunos do quinto ano de escolas municipais e particulares participaram hoje da formatura do Programa de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd). A solenidade aconteceu no Ginásio de Esportes Padre Pagnacco com a presença de autoridades e pais de alunos.
Os alunos fizeram o juramento, cantaram o hino do Proerd e receberam o leão Daren, mascote do programa.

O aluno da Escola Municipal Edi Aparecida Carneiro Ortiz, Danilo Pereira da Silva, leu uma redação sobre o tema. Uma medalha e um presente foram entregues aos outros 13 alunos, um de cada escola, que tiveram suas redações selecionadas.

Luís Carlos Santos Nascimento, pai do aluno Murilo, de 11 anos, considera que o Proerd é bom para que as crianças aprendam a se defender das drogas. “Ele prepara para que eles saibam enfrentar situações difíceis”, disse.

PARCERIA – O Proerd é uma parceria entre a Polícia Militar do Paraná, secretarias municipais de Educação e rede particular de ensino. Em um trabalho conjunto, oferece atividades educacionais em sala de aula durante um trimestre letivo. São dez lições de uma cartilha para prevenir o uso indevido de drogas entre crianças e adolescentes, além de abordar também sobre violência e bullyng.

As lições reforçam a autoestima, ensinam como lidar com as tensões relativas às drogas, e promovem a civilidade. As aulas acontecem uma vez por semana nas escolas, são interativas e os alunos desenvolvem atividades como teatro e música.

APOIO – A secretária municipal de Educação, Rejane de Paula Nocera, destacou que ações como esta sensibilizam as crianças para dizerem não às drogas e à violência. “É muito importante este programa, e hoje, mais uma vez, podemos festejar com nossos alunos. Conseguimos também trazer as escolas do campo. Agradeço à Polícia Militar por essa parceria que com certeza, contribui para a formação dos nossos cidadãos”, disse.

O subcomandante da 5ª Companhia do Batalhão da Patrulha Escolar Comunitária (BPEC), capitão Saulo Vinicius Hladyszwki, parabenizou os alunos e ressaltou o trabalho dos professores. “Aproveitem os ensinamentos que vocês tiveram para dizer não às drogas e à violência. Vocês aprenderam a fazer escolhas saudáveis. Parabéns também aos professores que são nossos parceiros”, disse.

Representando o prefeito Moacyr Fadel Junior, o procurador Júlio Philbert, destacou o programa. “É importante essa parceria com a Polícia Militar do Estado e com certeza, essas crianças serão cidadãos melhores”, afirmou.

PROGRAMA – O Proerd começou em 1983 como um programa de parceria entre o Departamento de Polícia de Los Angeles e o Distrito Escolar daquela cidade, recebendo o nome de Drug Abuse Resistence Education. Este esforço cooperativo guiado por dados estatísticos que mostraram alta eficiência do programa de prevenção baseado na tomada de decisões, estabelecimentos de valores e redução de problemas e estilos de vida e incentivo à atividades positivas.

O Proerd está presente em 50 países. Desenvolvido pela Polícia Militar, atualmente funciona em todos os estados brasileiros. No Paraná, as atividades iniciaram em 1999 e já alcançaram mais de 1,5 milhão de alunos. (Com assessoria)


Compartilhe



Últimas notícias

Divulgação

19 de janeiro de 2019

Aliel entrega ambulância para a Saúde de Palmeira

Arquivo

19 de janeiro de 2019

Tribunal de Contas do Estado comprova falhas no transporte coletivo de PG

Divulgação

19 de janeiro de 2019

Secretaria de Estado de Saúde paga prestadores da área de hemodiálise

Divulgação

19 de janeiro de 2019

Estado prepara lei para formalizar reforma administrativa

Ver mais

Mais Lidas

Arquivo

11 de janeiro de 2017

Prefeitura quebrada, cidade abandonada e Rangel de malas prontas para cruzeiro no Caribe

Arquivo

25 de maio de 2017

Justiça nega sigilo de dívida de R$ 4,4 milhões do MM MercadoMóveis ao Município

Arquivo

28 de agosto de 2018

Vaza áudio de secretário de Cida falando sobre dinheiro em troca de apoio

Arquivo

1 de agosto de 2017

Dívida de R$ 4,4 mi do MercadoMóveis daria para construir 250 casas, 4 Unidades de Saúde ou 3 escolas