7 de julho de 2017

Prefeitura lança a 30ª Fenovinos

Divulgação

O lançamento oficial da 30ª Feira Nacional de Ovinos foi realizado ontem, na Prefeitura de Ponta Grossa

A Prefeitura Municipal de Ponta Grossa realizou ontem o lançamento oficial da 30ª Feira Nacional de Ovinos (Fenovinos). O evento acontece entre os dias 17 e 22 de julho, no Centro Agropecuário de Ponta Grossa, e receberá produtores, representantes das principais associações de raça no Brasil, além de palestrantes internacionais, para tratarem das inovações e desafios do mercado de ovinos.

Segundo o prefeito Marcelo Rangel (PPS), a realização de um evento de amplitude nacional em Ponta Grossa reforça a característica desenvolvimentista e inovadora do município. “Fazer o lançamento de um evento como a Fenovinos, que valoriza os produtores da cidade e da região, nos enche de orgulho, pois demonstra, mais uma vez, a vontade dos cidadãos em promover o desenvolvimento de todos setores do município que, a partir de hoje, se coloca em posição de destaque para realização de outros eventos desse porte”, aponta.

De acordo com o secretário municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, a realização da Fenovinos em Ponta Grossa contribui para o fortalecimento do setor no Paraná. “Teremos leilões, ranqueamento e julgamentos e, principalmente, palestras que levam ao produtor rural uma condição melhor para que ele possa ter animais de alto nível e que proporcionem uma melhora na produtividade de suas propriedades, declara.

Segundo o presidente da Sociedade Rural dos Campos Gerais, Edilson Gorte, a 30ª Fenovinos transforma Ponta Grossa como polo de incentivo da produção de ovinos no Paraná e credenciada também para realizar edições estaduais da Fenovinos. “É um marco para região, que queremos que se torne a maior do Brasil. Nós já temos consultas de produtores de Minas Gerais, interessados em vir conferir e comprar os animais que teremos aqui. Estou muito satisfeito com o apoio recebido e tenho certeza que daqui para frente teremos eventos cada vez maiores”, aposta.

DIFERENCIAL – Segundo o gerente de produção animal da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), a Fenovinos tem como diferencial a avaliação e ranqueamento nacional de raças. “Enquanto outras feiras têm ranqueamentos estaduais, nós proporcionamos aos nossos cabanheiros a possibilidade de pontuar em rankings nacionais, de quatro associações. A avaliação nesse nível, marca a qualidade dos produtores, sua profissionalização e contribui na divulgação das raças”, explica.

PRATO EXCLUSIVO – Outro aspecto que consolida a Fenovinos como evento único na região é a elaboração de um prato exclusivo pelo Chef Júnior Durski, proprietário da rede de restaurantes Madero. O “T-Bone de Cordeiro”, será servido na unidade Ponta Grossa durante o período de realização da feira e, conforme a aceitação do público, pode vir a se tornar prato fixo do cardápio na cidade. “Serviremos nosso T-Bone, feito de lombo de cordeiro, com salada e acompanhamento aos nossos clientes e, de acordo com a demanda, ele ganhará espaço junto aos nossos três pratos feitos com carne de cordeiro hoje”, declara Eduardo do Vale Filho, sócio do Madero em Ponta Grossa. (Com assessoria)


Compartilhe



Últimas notícias

Divulgação

27 de novembro de 2020

Mabel Canto quer PG como cidade empreendedora

Divulgação

27 de novembro de 2020

Castro já tem decoração natalina e “Natal de Estrelas” começa dia 5

Divulgação

27 de novembro de 2020

Projeto interativo mostra potencial turístico e cultural de Castro

Divulgação

27 de novembro de 2020

Professora Elizabeth vai ampliar oportunidades de moradia com lotes urbanizados e regularização fundiária

Ver mais

Mais Lidas

Arquivo

31 de março de 2020

Ratinho Junior libera igrejas e outras atividades consideradas essenciais no Paraná

14 de agosto de 2017

Suposto patrocínio da UEPG em aniversário do MST gera polêmica nas redes sociais

Arquivo

28 de setembro de 2020

Ponta Grossa tem 456 candidatos a vereador em 2020; Confira a lista

Divulgação

9 de setembro de 2019

Secretário Superman é socorrido após levar surra