CASTRO

16 de março de 2017

Prazo para quitar impostos atrasados sem protesto termina amanhã

Divulgação

O parcelamento pode ser feito em até 36 vezes e o valor mínimo da parcela é de R$ 102,12

Termina amanhã o prazo para que os contribuintes que estão inadimplentes com o município de Castro quitem suas dívidas de impostos e tributos sem ter seus títulos protestados. Conforme a lei 3332/2017, a Prefeitura Municipal de Castro não fará refinanciamento de dívidas fiscais para os contribuintes que estão em atraso. A medida vale para os impostos e taxas municipais.

Os contribuintes que não regularizarem sua situação até sexta-feira, poderão ter seus títulos protestados a partir do dia 20 de março, ficando com o nome negativado perante órgãos públicos e o comércio em geral, além do pagamento de multas, juros e outros encargos.

De acordo com o superintendente do Departamento de Tributação e Fiscalização da Prefeitura de Castro, Marcos Aurélio Weinert, o parcelamento pode ser feito em até 36 vezes e o valor mínimo da parcela é de R$ 102,12. “É uma boa oportunidade para o contribuinte quitar seus débitos”, finaliza. (Com assessoria)


Compartilhe



Últimas notícias

Divulgação

22 de janeiro de 2021

Paraná assume presidência do Codesul

Divulgação

22 de janeiro de 2021

Unidades de Saúde exclusivas para atendimento de Covid estendem horário

Divulgação

22 de janeiro de 2021

No Paraná, 57,2 mil pessoas já foram vacinadas contra a Covid-19

Divulgação

22 de janeiro de 2021

Prefeitura finaliza imunização dos profissionais da saúde municipal e inicia aplicação nos idosos das ILPIs

Ver mais

Mais Lidas

Arquivo

11 de janeiro de 2017

Prefeitura quebrada, cidade abandonada e Rangel de malas prontas para cruzeiro no Caribe

Arquivo

31 de março de 2020

Ratinho Junior libera igrejas e outras atividades consideradas essenciais no Paraná

14 de agosto de 2017

Suposto patrocínio da UEPG em aniversário do MST gera polêmica nas redes sociais

Arquivo

28 de setembro de 2020

Ponta Grossa tem 456 candidatos a vereador em 2020; Confira a lista