10 de agosto de 2017

Ponta Grossa terá Centro de Triagem para Animais Silvestres

Israel Kaé

A cidade será a única do Paraná a contar com uma unidade pública de resgate de animais silvestres

Foi assinado hoje no gabinete do prefeito o termo de compromisso para a construção do Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) dos Campos Gerais. O documento foi firmado entre a Associação Instituto Klimionte Ambiental e o Consórcio Energético Cruzeiro do Sul, com anuência do Instituto Ambiental do Paraná (IAP) e a Prefeitura Municipal de Ponta Grossa.

“Ponta Grossa e a região dos Campos Gerias é privilegiada pela existência de extensas áreas de preservação ambiental. Temos várias unidades de conservação e uma diversidade de animais. O Cetas será a estrutura ideal para o encaminhamento dos animais acidentados, para que eles possam se recuperar e voltar para a natureza”, destaca o secretário municipal de Meio Ambiente, Paulo Barros.

O investimento pode chegar a R$ 1,5 milhão. O terreno, doado pela Prefeitura, fica no Distrito Industrial e tem dez mil metros quadrados. A área a ser construída será de 800 metros. O Cetas dos Campos Gerais será o único do Estado com gestão pública e o encaminhamento dos animais será feito por meio dos órgãos competentes, como a Polícia Ambiental, o IAP, entre outros. “A Prefeitura deu a partida doando o terreno, só assim pudemos correr atrás dos investimentos”, comenta o médico veterinário do Instituto Klimionte, Robson Carlos Klimionte.

“Para a Prefeitura é um orgulho ouvir que demos o primeiro passo. A união de forças faz a diferença, pois os processos são burocráticos, mas a persistência e a vontade de fazer concretizaram os sonhos. Agora teremos um espaço para cuidar dos animais e ainda acadêmicos e profissionais poderão realizar pesquisas/estudos no local”, destacou a vice-prefeita, Elizabeth Schmidt (PSB).

A estrutura contará com dois módulos. “O primeiro destinado para o administrativo e também para as aves. E o segundo atenderá os répteis e mamíferos, com a parceria do Consórcio do Baixo Iguaçu”, contou Klimionte. A previsão é que em março de 2018 o Cetas já esteja em funcionamento. (Com assessoria)


Compartilhe



Últimas notícias

Divulgação

4 de março de 2021

Suspensão do processo de concessão atende interesses dos paranaenses, diz Romanelli

Divulgação

4 de março de 2021

Feirão da Qualificação, Emprego e Renda acontece neste mês

Divulgação

4 de março de 2021

Mais de 3 mil estabelecimentos comerciais foram fiscalizados desde sábado no Paraná

Divulgação

CASTRO

3 de março de 2021

Secretários apresentam propostas para os próximos quatro anos

Ver mais

Mais Lidas

Arquivo

11 de janeiro de 2017

Prefeitura quebrada, cidade abandonada e Rangel de malas prontas para cruzeiro no Caribe

Arquivo

31 de março de 2020

Ratinho Junior libera igrejas e outras atividades consideradas essenciais no Paraná

14 de agosto de 2017

Suposto patrocínio da UEPG em aniversário do MST gera polêmica nas redes sociais

Arquivo

28 de setembro de 2020

Ponta Grossa tem 456 candidatos a vereador em 2020; Confira a lista