7 de fevereiro de 2019

Oriovisto Guimarães avalia primeira semana no Senado Federal

Divulgação

"Temos um ambiente no qual o país pede a renovação e, infelizmente, ainda temos representantes da velha política que estão funcionando como walking deads [zumbis]”, declarou o senador.

A semana de estreia no Senado Federal destacou-se positivamente pelo crescimento do Podemos, partido do senador Oriovisto Guimarães, que agora se torna a terceira maior bancada da Casa, com oito parlamentares. “Esta mudança é reflexo do sentimento popular e de muitos outros senadores novos que estão chegando, assim como eu, ao Congresso. O nosso partido pode representar o novo modelo da política brasileira, sem integrantes envolvidos com corrupção”, comentou Guimarães.

Ao mesmo tempo, o início da legislatura foi marcado por um ‘show de horrores’, como disse o senador no dia da eleição para a presidência do Senado. “Temos um ambiente no qual o país pede a renovação e, infelizmente, ainda temos representantes da velha política que estão funcionando como Walking Deads [zumbis]. A minoria tentou anular a vontade da maioria com um triste espetáculo, mas a grande parte dos senadores quis o voto aberto na eleição para a presidência do Senado e assim conseguimos dar o primeiro passo”, disse o senador.

A Mesa Diretora foi eleita ontem, 06. Pelos próximos dois anos, o Senado terá a seguinte composição: Davi Alcolumbre (DEM), como presidente; Antônio Anastasia (PSDB), como 1º vice-presidente; Lasier Martins (Pode), como 2º vice-presidente; Sérgio Petecão (PSD), como 1º secretário; Eduardo Gomes (MDB), como 2º secretário; Flávio Bolsonaro (PSL), como 3º secretário; e Luis Carlos Heinze (PP), como 4º secretário.

“A legislatura promete. O clima é de entendimento. Estamos prontos para começar a trabalhar as reformas e os projetos anticorrupção que o Brasil tanto precisa”, afirmou Guimarães, que esteve reunido com o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, ontem, 06, para levar apoio às pautas que já estão sendo enviadas ao Congresso Nacional.

O senador acredita que o Congresso vai caminhar na direção que o povo brasileiro espera. “O ar que estamos respirando no Senado é muito bom. Fomos eleitos para ter força de fazer a nova política e espero ver o nosso país com uma economia mais pujante”, concluiu. (Com assessoria)


Compartilhe



Últimas notícias

Divulgação

3 de julho de 2020

Estado e União alinham modelagem do novo Anel de Integração

Divulgação

3 de julho de 2020

Plauto entrega maquinário para Carambeí

Divulgação

3 de julho de 2020

Obras do novo acesso a Castro iniciam em agosto

Divulgação

3 de julho de 2020

Posto Rodoil inaugura em PG na segunda

Ver mais

Mais Lidas

Arquivo

11 de janeiro de 2017

Prefeitura quebrada, cidade abandonada e Rangel de malas prontas para cruzeiro no Caribe

Arquivo

31 de março de 2020

Ratinho Junior libera igrejas e outras atividades consideradas essenciais no Paraná

14 de agosto de 2017

Suposto patrocínio da UEPG em aniversário do MST gera polêmica nas redes sociais

Arquivo

"RAMBO"

10 de fevereiro de 2017

“Vou fechar todos os buracos da cidade em seis meses ou não me chamo Márcio Ferreira”, impõe meta secretário