6 de novembro de 2019

Novo Conselho Estadual do Patrimônio toma posse

Divulgação

Presidido pelo secretário estadual da Comunicação Social e da Cultura, Hudson José, o conselho tem como atribuição auxiliar na formação, acompanhamento e avaliação da política relativa ao patrimônio histórico, artístico e natural do Paraná.

Os novos membros do Conselho Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico do Paraná (CEPHA) tomaram posse ontem, 05, na sede da Superintendência da Cultura da Secretaria de Estado da Comunicação Social e da Cultura. Presidido pelo secretário estadual da Comunicação Social e da Cultura, Hudson José, o conselho tem como atribuição auxiliar na formação, acompanhamento e avaliação da política relativa ao patrimônio histórico, artístico e natural do Paraná.

Hudson José ressaltou a importância do trabalho que o conselho desenvolve desde que foi criado, em outubro de 1948. “Nós temos hoje, com este conselho, uma oportunidade extremamente importante de conciliar desenvolvimento e sustentabilidade, desenvolvimento e patrimônio histórico, artístico e natural no Estado do Paraná. Esse é 100% o pensamento do governador Carlos Massa Ratinho Junior”, disse o secretário.

A equipe, composta por 10 membros efetivos e 10 membros consultores de notório reconhecimento nas áreas do patrimônio natural, histórico e artístico, se reúne também para decidir sobre processos de tombamento e sobre intervenções em bens já tombados. O mandato dura dois anos.

“Eu creio que este trabalho que se inicia agora no conselho é muito importante. O cidadão quando pensa em preservação do patrimônio histórico, cultural, do meio ambiente, não sabe que há alguém cuidando disso, pensando nas próximas gerações”, disse o engenheiro e economista Euclesio Manoel Finatti, que foi reconduzido como membro efetivo do conselho na área de Engenharia.

Futuro também é a palavra-chave para a arquiteta e urbanista da Prefeitura de Curitiba, Jussimara Campelo, empossada como membro consultor do Conselho. “A importância do Conselho não se vê de forma imediata. Ela será vista no futuro. Não podemos ter um pensamento imediatista. Nós temos que pensar em séculos a partir daqui.”

Novo membro efetivo na área de Meio Ambiente, a administradora e oceanógrafa Nicole Lemanczyk afirma que o grande desafio do conselho é conciliar a parte de preservação ambiental com o desenvolvimento do Estado, aliando os interesses da sociedade civil e do empresariado aos do estadual e do meio ambiente.

Após a posse, foi feita a primeira reunião do novo conselho, conduzida pelo coordenador do Patrimônio Cultural do Estado, Sergio Krieger, que explicou brevemente o funcionamento e as atribuições de cada conselheiro.

GESTÃO 2019-2021 – Fazem parte do novo conselho como membros efetivos: Antonio Borges dos Reis (Acessibilidade), Roland Hasson (Direito), Euclesio Manoel Finatti (Engenharia), Wilson Maske (História), Fernando Henrique Rodrigues Lobo (Arquitetura), Franklin Galvão (Meio Ambiente), Nicole Lemanczyk (Meio Ambiente), Gil Piekarsz (Meio Ambiente), Eduardo Felga Gobbi (Engenharia Ambiental) e Ricardo Amaral (Arquitetura).

São membros consultores: Aristides de Athayde Bisneto (Direito Ambiental), Cátia Augustin (Meio Ambiente), Sidney Axelrud (Direito), José Renato Fonseca Gubert (Engenharia), Paulo Sidney Ferraz (Engenharia), Igor Chmyz (Arqueologia), Jussimara Campelo (Arquitetura), Maylin Ling (Arquitetura), Reinaldo Pilloto (Meio Ambiente) e Sylvio Fausto Gil Filho (Georgrafia). (Com AEN)


Compartilhe



Últimas notícias

Arquivo

20 de novembro de 2019

Diretor-geral da Alep preso na Operação Taxa Alta é exonerado

Arquivo

20 de novembro de 2019

Câmara promulga fim da cobrança da tarifa mínima da Sanepar

Arquivo

20 de novembro de 2019

Gaeco cumpre mandados de prisão em investigação de contrato do Detran

Divulgação

19 de novembro de 2019

Após denúncia de calote, Prefeitura programa repasses para Fundo da Cultura

Ver mais

Mais Lidas

Arquivo

11 de janeiro de 2017

Prefeitura quebrada, cidade abandonada e Rangel de malas prontas para cruzeiro no Caribe

14 de agosto de 2017

Suposto patrocínio da UEPG em aniversário do MST gera polêmica nas redes sociais

Arquivo

"RAMBO"

10 de fevereiro de 2017

“Vou fechar todos os buracos da cidade em seis meses ou não me chamo Márcio Ferreira”, impõe meta secretário

Divulgação

9 de setembro de 2019

Secretário Superman é socorrido após levar surra