6 de novembro de 2019

Mais de R$ 2,4 milhões serão investidos em asfalto novo em sete bairros de Ponta Grossa

Arquivo

Serão realizados mais de 28 mil metros quadrados de obras que contemplarão seis regiões com valor máximo de R$ 5,771 milhões.

O Diário Oficial do Município publicou hoje, 06, duas novas licitações para pavimentação nova em Ponta Grossa. Elas atenderão oito trechos em sete vilas diferentes. A previsão é de que as propostas das empresas sejam recebidas na segunda quinzena de novembro. O valor máximo somado de ambos os editais está calculado em R$ 2.457.679,52. Os certames e as fiscalizações das obras são comandados pela Secretaria Municipal de Infraestrutura e Planejamento.
A primeira licitação é a tomada de preços nº 52/2019, prevista para 20 de novembro, no montante de R$ 1.022.567,98. No projeto, ela contemplará as ruas Arapongas, no trecho entre João Rabelo Coutinho x Córrego; Athaide Ferreira Menezes, no trecho entre Arapongas e Rua Maringá; e Maringá, entre as ruas Athaide Menezes e Córrego. Os perímetros ficam na Vila Izabel e Boa Vista, na ligação com a Vila Palmeirinha, no Nova Rússia.
O segundo certame é o nº 53/2019, abrangendo cinco lotes, totalizando R$ 1.457.111,54. O primeiro é a pavimentação da rua República do Panamá, no perímetro que compreende as ruas Marechal Hermes da Fonseca e Tobias Moscoso, na Vila Ronda D, bairro Ronda, com valor máximo de R$ 746.836,72.
O lote 2 é no Jardim Europa, no preço máximo de R$ 109.902,93. O trecho contemplado fica entre as ruas Espanha e França, na rua Europa. O terceiro lote prevê a pavimentação da rua Guatemala, no trecho entre ruas Pará e José Joaquim Seabra, na Vila Companhia Prada de Eletricidade, em Olarias, no valor máximo de R$ 108.331,92.
Já o lote 4, no Jardim Los Angeles I e Boa Vista, o asfalto percorrerá o trecho entre as ruas Maria Margarida Zagonel Slavieiro e Prof. Fábio Fanucchi, na rua Francisco Traleski. A obra deve custar até R$ 148.719,86. O quinto e último lote da licitação terá o valor de até R$ 343.420,11 para  a Vila Corrientes, no Centro, no entorno da Praça Duque de Caxias, nos trechos das ruas XII de Outubro e  Catão Monclaro.
Ainda não existe uma previsão para as obras iniciarem, mas a expectativa é de que comecem no primeiro semestre de 2020. A escolha dos perímetros pela Prefeitura de Ponta Grossa leva em conta a proximidade das vias com serviços públicos, a exemplo de escolas e Unidades Básicas de Saúde (UBSs); a densidade demográfica; condições de trafegabilidade, principalmente se a rua ainda estiver sem pavimentação; e possibilidades de novas ligações interbairros. (Com assessoria)


Compartilhe



Últimas notícias

Arquivo

27 de maio de 2020

Paraná tem 200 novos casos de Covid-19 e mais três óbitos

Arquivo

27 de maio de 2020

Caminhoneiro de Telêmaco com Covid-19 morre em Paranaguá

Divulgação

27 de maio de 2020

Plauto conquista recursos para nova iluminação em Carambeí

Arquivo

27 de maio de 2020

Ponta Grossa registra quatro novos casos de Covid-19: 66 no total

Ver mais

Mais Lidas

Arquivo

11 de janeiro de 2017

Prefeitura quebrada, cidade abandonada e Rangel de malas prontas para cruzeiro no Caribe

Arquivo

31 de março de 2020

Ratinho Junior libera igrejas e outras atividades consideradas essenciais no Paraná

14 de agosto de 2017

Suposto patrocínio da UEPG em aniversário do MST gera polêmica nas redes sociais

Arquivo

"RAMBO"

10 de fevereiro de 2017

“Vou fechar todos os buracos da cidade em seis meses ou não me chamo Márcio Ferreira”, impõe meta secretário