23 de novembro de 2020

Mabel propõe premiação para empresas incentivadoras de ações culturais

Arquivo

Empresários poderão receber isenção de IPTU como premiação. Proposta visa promover uma revolução cultural em Ponta Grossa.

Para estimular a cidadania e participação popular em eventos culturais e fomentar as ações culturais em Ponta Grossa, a candidata a prefeita Mabel Canto (PSC) propõe alterações no Programa Municipal de Incentivo à Cultura. O objetivo é vincular o projeto municipal a outros programas, possibilitando que o empresário que apoiar ações culturais direcionando recursos à Lei Rouanet – que é federal – ou ao Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura (Profice) seja beneficiado. Todos os projetos de interesse do Município que forem aprovados pelo Conselho Municipal de Cultura garantirão ao empresário a possibilidade de receber um prêmio, em isenção de IPTU, de até 5% do valor do Imposto de Renda, ou do ICMS, transferidos para o projeto, transformando o incentivo em prêmio.

Essa medida amplia e fomenta o incentivo às ações culturais e permite aos empresários locais incentivar projetos culturais a serem realizados no próprio bairro. Além disso, também trará recursos que muitas vezes são investidos em outros Estados para Ponta Grossa. “O investimento em Cultura e Turismo é essencial para a retomada econômica em Ponta Grossa e essa proposta promoverá uma revolução cultural na cidade. Uma empresa que transferir R$ 1 milhão do seu Imposto de Renda ou ICMS para projetos de artistas pontagrossenses vai receber até R$ 50 mil de isenção do IPTU”, destaca Mabel.

A Fundação de Cultura de Ponta Grossa terá um departamento de projetos com técnicos para assessorar os artistas locais e também os empresários. A meta é auxiliar na elaboração dos projetos e na execução do programa, tendo o Presidente da Fundação Cultural, papel essencial na procura de empresários incentivadores culturais.

Em seu plano de governo, Mabel ainda garante aulas de música para a população de baixa renda e idosos. “Queremos promover a criação de uma Escola Municipal de Dança (ballet, salão e típicas), de uma Escola Municipal de Artes Cênicas (teatro), a Caravana da Cultura com um ônibus que levará aos bairros apresentações de teatro, música, literatura infantil e atividades de pintura e colagem, em especial para as crianças e aulas de capoeira nas escolas”, finaliza Mabel Canto. (Com assessoria)


Compartilhe



Últimas notícias

Arquivo

15 de janeiro de 2021

Ratinho Jr. sanciona lei que altera regras das escolas cívico-militares

Arquivo

15 de janeiro de 2021

Governo do Estado congela taxas do Detran-PR pelo segundo ano consecutivo

Arquivo

15 de janeiro de 2021

Ponta Grossa está preparada para a vacinação, diz Elizabeth

Arquivo

15 de janeiro de 2021

Prefeitura decreta toque de recolher e define fiscalização

Ver mais

Mais Lidas

Arquivo

11 de janeiro de 2017

Prefeitura quebrada, cidade abandonada e Rangel de malas prontas para cruzeiro no Caribe

Arquivo

31 de março de 2020

Ratinho Junior libera igrejas e outras atividades consideradas essenciais no Paraná

14 de agosto de 2017

Suposto patrocínio da UEPG em aniversário do MST gera polêmica nas redes sociais

Arquivo

28 de setembro de 2020

Ponta Grossa tem 456 candidatos a vereador em 2020; Confira a lista