12 de setembro de 2020

Mabel diz que não vai usar o Fundo Eleitoral

Arquivo

A deputada e pré-candidata a prefeita falou sobre a promessa de cumprir o mandato na Assembleia Legislativa, defendendo que “a cidade precisa ser devolvida para o povo”. “Quem tem medo do debate?”, questiona.

A deputada estadual Mabel Canto (PSC) afirmou que não irá utilizar recursos do Fundo Eleitoral em sua campanha para a Prefeitura de Ponta Grossa. “Na campanha passada não usei e nesta também não usarei”, afirma.

Com exceção da promessa de cumprir o mandato de deputada integralmente caso seja eleita prefeita, Mabel executou todos os demais compromissos assumidos em 2018, quando foi eleita deputada. Relembre:

– Continuar o trabalho feito pelo Jocelito pelas pessoas mais carentes – Ok;

– Buscar recursos para a ampliação do Hospital Regional de Ponta Grossa – Ok;

– Trazer recursos para a região dos Campos Gerais – Ok;

– Defender e ampliar os direitos das mulheres paranaenses – Ok;

– Combater a corrupção na administração pública – Ok;

– Ser transparente na vida pública – Ok;

– Cumprir integralmente o meu mandato?;

– Não usar a verba do Fundo Partidário – Ok;

– Receber somente 50% das verbas que eu tiver direito – Ok;

– Devolver ou doar 50% do meu salário – Ok;

– Utilizar somente 50% dos cargos em comissão – Ok;

– Não utilizar recursos do Auxílio Moradia – Ok.

PROMESSA – Sobre a promessa de não disputar a eleição para a Prefeitura no meio do mandato, Mabel afirma que tem recebido o questionamento e que fala sobre o assunto com tranquilidade, em sua opinião, a população merece transparência. “O momento que vivemos nos fez repensar alguns posicionamentos. Não foi uma decisão fácil diante do que havíamos assumido. Mas entendemos que a cidade precisa ser devolvida ao seu povo, precisa ser ouvida. Sou preparada para isso e fui escolhida por pessoas que pensam na cidade”, afirma, ressaltando que durante a campanha não irá deixar de cumprir os seus compromissos como deputada.

“Mesmo debatendo a cidade, algo que é extremamente necessário, continuarei com as minhas funções como deputada. Será a população que vai decidir se continuarei como deputada ou prefeita. Quem tem medo do debate? A população tem o direito de escolher quem melhor a representa de verdade, sem interesses pessoais, sem negociatas”, defende.


Compartilhe



Últimas notícias

Divulgação

24 de setembro de 2020

Professora Elizabeth e Capitão Saulo visitam 2º Grupamento de Bombeiros

Divulgação

24 de setembro de 2020

CCR RodoNorte realiza interdição em acesso ao Contorno Leste de Ponta Grossa

Arquivo

24 de setembro de 2020

Líder do Governo apresenta projeto para sustar promoção indevida a procuradores federais

Divulgação

24 de setembro de 2020

Mabel reforça importância da lei que garante escolha do parto

Ver mais

Mais Lidas

Arquivo

11 de janeiro de 2017

Prefeitura quebrada, cidade abandonada e Rangel de malas prontas para cruzeiro no Caribe

Arquivo

31 de março de 2020

Ratinho Junior libera igrejas e outras atividades consideradas essenciais no Paraná

14 de agosto de 2017

Suposto patrocínio da UEPG em aniversário do MST gera polêmica nas redes sociais

Arquivo

"RAMBO"

10 de fevereiro de 2017

“Vou fechar todos os buracos da cidade em seis meses ou não me chamo Márcio Ferreira”, impõe meta secretário