28 de junho de 2017

Justiça absolve Rangel e outros de irregularidades na München de 2013

Arquivo

As tratativas iniciaram hoje, 27. O pedido firmado foi de 20 leitos de UTIs e 49 leitos clínicos. A intenção é formar uma retaguarda de combate aos casos de Coronavírus, Covid-19 em Ponta Grossa.

A juíza da 1ª Vara da Fazenda Pública de Ponta Grossa, Jurema Carolina da Silveira Gomes, julgou improcedente a Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa, movida pelo Ministério Público do Estado do Paraná (MP-PR), contra o prefeito Marcelo Rangel (PPS), o ex-presidente da Fundação Municipal de Turismo, Eldo Ramos Bortolini, Arielcion Dias de Lima, Iran Taques Sobrinho, Promofair Publicidade e Eventos Ltda., e Versuz Produções Artísticas Ltda., alegando irregularidades no planejamento, licitação, contratação e execução na prestação de serviços na realização da 24ª MünchenFest, em 2013.

O MP-PR alegava que houve “triangulação ilícita” entre o Município de Ponta Grossa, o Serviço de Obras Sociais (SOS) e a empresa Versuz.

Em outubro do ano passado, a Justiça já havia determinado o desbloqueio dos bens do prefeito Marcelo Rangel, decretada em dezembro de 2015 na propositura da ação.

Rangel comemorou a decisão. “Coração e alma lavadas. A sensação de Justiça é a melhor que se pode ter”, comentou o prefeito, afirmando que ao tomar conhecimento da decisão, na sua cabeça ‘passou um filme de tudo o que sofreu’ ao longo dos últimos anos com a acusação. “Houve uma condenação pública das pessoas querendo saber porque os meus bens estavam bloqueados e o que tinha sido feito de errado. Passava uma dúvida para a população que hoje está sanada. A Justiça demonstrou que todos os nossos procedimentos foram corretos e legais. É uma vitória muito importante para a minha vida pública e pessoal”, comemora.

Durante a fase de instrução, o Ministério Público recuou e concluiu que não se constatou a prática de qualquer ato de improbidade administrativa pelos réus, requerendo a extinção da ação.


Compartilhe



Últimas notícias

Divulgação

23 de novembro de 2020

Plauto pede explicações sobre instalação de penitenciária em Uvaranas

Divulgação

23 de novembro de 2020

Professora Elizabeth vai implantar CEP Cidadão para residenciais sem Correios

Divulgação

23 de novembro de 2020

Deputados aprovam projeto que restabelece parcelamento de ICMS

Arquivo

23 de novembro de 2020

Pesquisa PPM aponta liderança de Professora Elizabeth no 2º turno

Ver mais

Mais Lidas

Arquivo

31 de março de 2020

Ratinho Junior libera igrejas e outras atividades consideradas essenciais no Paraná

14 de agosto de 2017

Suposto patrocínio da UEPG em aniversário do MST gera polêmica nas redes sociais

Arquivo

28 de setembro de 2020

Ponta Grossa tem 456 candidatos a vereador em 2020; Confira a lista

Divulgação

9 de setembro de 2019

Secretário Superman é socorrido após levar surra