24 de janeiro de 2020

José Sloboda é reconduzido à presidência da AMCG

Divulgação

A eleição, por aclamação, coloca “Juca” pela terceira vez à frente da entidade, já́ que comandou a AMCG por dois mandados consecutivos entre 2017 e 2018.

O prefeito de Jaguariaíva, José Sloboda – “Juca” (DEM) foi eleito hoje, 24, como presidente da Associação dos Municípios dos Campos Gerais (AMCG). A eleição, por aclamação, coloca “Juca” pela terceira vez à frente da entidade, já́ que comandou a AMCG por dois mandados consecutivos entre 2017 e 2018. Também fazem parte da nova diretoria os prefeitos de Carambeí́, Osmar Blum como vice-presidente, de Ortigueira, Lourdes Banach como tesoureira, e de Palmeira, Edir Havrechacki como secretário. A posse está agendada para o próximo dia 7 de fevereiro, às 10 horas, em Jaguariaíva no Cine Teatro Valéria Luercy.

A proposta de “Juca” para o ano de 2020 é o fortalecimento, em conjunto, das entidades regionais: AMCG, Consórcio Intermunicipal de Saúde dos Campos Gerais (CimSaúde) e Consórcio do SAMU Campos Gerais (CimSamu). “Temos questões específicas para desenvolver. E a área da saúde continua sendo uma das prioridades”, aponta, lembrando que a criação do CimSamu foi uma de suas lutas em 2017 e que começa a ser efetivada agora, com o funcionamento do SAMU Regional. “Os prefeitos tem que se unir para efetivar este serviço em toda a região dos Campos Gerais”, avalia.

O presidente eleito pretende continuar levando os serviços da entidade para todos os municípios associados. “Já́ vínhamos fazendo um trabalho de envolvimento de todas as prefeituras. Mas a ideia é expandir a atuação em todos os municípios da região”, adianta, destacando os projetos desenvolvidos nas áreas de Cultura e Esportes que vem promovendo o desenvolvimento regional com forte atuação de seus gestores.

As demandas em comum dos municípios devem seguir sendo foco dos prefeitos da AMCG. “Este trabalho não pode parar”, considera “Juca”.

O prefeito de Telêmaco Borba, Marcio de Matos, que deixa a presidência da AMCG, além de lutar por questões em comum dos municípios da região, focou debates em questões nacionais que pautaram a política no último ano. “Passamos por questões nacionais que envolvem a gestão de todos os municípios, como a Reforma da Previdência e as discussões do novo pacto federativo e eleições unificadas”, lembrou o presidente da AMCG. Estas e outras questões entraram na pauta e envolveram os prefeitos da região.

DESENVOLVIMENTO – Ainda em sua gestão, o prefeito de Telêmaco Borba incentivou a capacitação de gestores e servidores para o desenvolvimento de seus municípios e regional. Qualificações para o incremento de renda, contas públicas e formação de lideranças foram promovidas em parceria com a AMCG. “Sabemos que para o desenvolvimento temos que focar na capacitação das pessoas envolvidas no processo. Por isso desenvolvemos e fomos parceiros nessas ações”, contou Matos.
Outra questão destacada pelo presidente da AMCG que teve início no último ano por meio da entidade, e que deve render frutos para os próximos anos, foi a assinatura da carta de intenção para promover a região dos Campos Gerais como parceira da região de Kansai no Japão. “Vimos nesta proposta a possibilidade de contar com diversos tipos de investimentos para a região a médio e longo prazo”, explicou o presidente da AMCG. (Com assessoria)


Compartilhe



Últimas notícias

Arquivo

21 de fevereiro de 2020

Promotoria de Telêmaco Borba ajuíza ação contra prefeito e dois servidores por irregularidades no uso da frota municipal

Divulgação

21 de fevereiro de 2020

Parque de Vila Velha tem horários especiais no feriado

Arquivo

21 de fevereiro de 2020

Marcelo Rangel defende ‘pressa’ na aprovação do “Tarifa Zero”

Arquivo

21 de fevereiro de 2020

Estado deve produzir 24,1 milhões de toneladas de grãos

Ver mais

Mais Lidas

Arquivo

11 de janeiro de 2017

Prefeitura quebrada, cidade abandonada e Rangel de malas prontas para cruzeiro no Caribe

14 de agosto de 2017

Suposto patrocínio da UEPG em aniversário do MST gera polêmica nas redes sociais

Arquivo

"RAMBO"

10 de fevereiro de 2017

“Vou fechar todos os buracos da cidade em seis meses ou não me chamo Márcio Ferreira”, impõe meta secretário

Divulgação

9 de setembro de 2019

Secretário Superman é socorrido após levar surra