10 de janeiro de 2019

Governo do Paraná pretende criar um ambiente moderno para turistas

Divulgação

Ao lado do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, Ratinho Junior esteve hoje na solenidade de comemoração aos 80 anos do Parque Nacional do Iguaçu.

O governador Carlos Massa Ratinho Junior (PSD) declarou hoje, 10, em Foz do Iguaçu, que um dos principais objetivos do governo do Paraná na área de turismo é criar um ambiente moderno para receber os visitantes. “Não é lógico ter tantas belezas naturais, como as Cataratas do Iguaçu, a Ilha do Mel, as cachoeiras de Prudentópolis e as ilhas da baía de Paranaguá e não contar com uma infraestrutura adequada para os turistas”, afirmou Ratinho Jr., na comemoração dos 80 anos do Parque Nacional do Iguaçu. O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, também participou da solenidade.

Ratinho Jr. ressaltou que todo o planejamento da infraestrutura será feito de forma a alinhar a preservação do meio ambiente e o desenvolvimento econômico do Estado, visando sempre a geração de emprego, renda e riquezas para a população. “O Parque Nacional do Iguaçu é a prova máxima de que isso é possível. Talvez não tenha um projeto de tanto sucesso como esse, que preserve a natureza e promove a economia”, apontou o governador.

AGENDA CONJUNTA – Segundo Salles, o governo do Estado tem uma proposta moderna para a área ambiental, que receberá todo apoio da esfera federal. “Estamos criando uma agenda comum com o Paraná, cem por cento apoiada pelo presidente Jair Bolsonaro, com foco no destravamento de investimentos para o turismo, conservação e licenciamentos ambientais fundados em questões comprovadas tecnicamente, sem ideologias e explicações dogmáticas”, disse o ministro.

Salles informou ainda que o Ministério do Meio Ambiente trabalhará em parceria com o Governo do Estado para solucionar alguns impasses, como a construção do Porto de Pontal do Paraná, que há anos vem sendo discutida. Além disso, segundo ele, o governo federal dará apoio em questões de melhoria da qualidade de água, repovoamento de peixes e programas de educação ambiental.

NOVAS AÇÕES – Ratinho Jr. também anunciou o lançamento, nos próximos meses, de dois programas com foco no turismo, um para incentivar os paranaenses a viajarem pelo Estado e outro para trazer pessoas do mundo todo para conhecer os pontos turísticos de todas as regiões.

PARQUE NACIONAL DO IGUAÇU – Considerada uma das mais belas reservas ecológicas do mundo, o Parque Nacional do Iguaçu, reconhecido pela Unesco como Patrimônio Natural da Humanidade, comemora 80 anos com conquistas no âmbito turístico, ambiental e impacto na economia da região. A população de onça-pintada, animal símbolo do parque, por exemplo, cresceu cerca de 70% nos últimos anos. Já a visitação turística atingiu em 2018 sua melhor marca de todos os tempos: cerca de 1,9 milhão de visitantes.
Além de abrigar as Cataratas, o Parque conserva área de Mata Atlântica com grande diversidade de flora e fauna. Vivem na unidade cerca de 350 espécies de aves, 250 de borboletas e 50 de mamíferos – algumas das quais ameaçadas de extinção, como a onça-pintada e o papagaio-de-peito-roxo. “Conseguimos potencializar os ganhos ambientais e melhorar a qualidade dos nossos serviços aos visitantes, sempre com apoio do Governo do Estado”, destacou o chefe do Parque Nacional do Iguaçu, Ivan Baptiston. (Com AEN)


Compartilhe



Últimas notícias

Arquivo

26 de junho de 2019

Em fim de mandato, Rangel promete deixar licitado asfalto em 90% das ruas de PG

Divulgação

CASTRO

26 de junho de 2019

Curso prepara lideranças comunitárias

Divulgação

26 de junho de 2019

Erva-mate pode impulsionar economia no Vale do Iguaçu

Divulgação

26 de junho de 2019

É preciso uma reforma que corrija distorções, diz Aliel

Ver mais

Mais Lidas

Arquivo

11 de janeiro de 2017

Prefeitura quebrada, cidade abandonada e Rangel de malas prontas para cruzeiro no Caribe

Arquivo

28 de agosto de 2018

Vaza áudio de secretário de Cida falando sobre dinheiro em troca de apoio

14 de agosto de 2017

Suposto patrocínio da UEPG em aniversário do MST gera polêmica nas redes sociais

Arquivo

"RAMBO"

10 de fevereiro de 2017

“Vou fechar todos os buracos da cidade em seis meses ou não me chamo Márcio Ferreira”, impõe meta secretário