11 de junho de 2019

Fiscalização recupera R$ 1,4 milhão para o Estado

Arquivo

Pneus, autopeças e materiais de construção foram os principais produtos identificados com alguma irregularidade tributária.

O balanço da Operação Integrada promovida pela Receita Estadual no fim de maio resultou em R$ 1,4 milhão em autos de infração. Autopeças, pneus e material de construção foram os principais itens identificados com alguma irregularidade tributária, representando 34,58% e um prejuízo para o Estado que chegaria a R$ 463 mil.

Embora o foco da operação fosse para bebidas e combustíveis, R$ 160 mil (11,94%) e R$ 105 mil (7,85%), respectivamente em autuações, a fiscalização verificou outros produtos em desacordo. Os setores de calçados, vestuário e alimentos totalizaram 28,82% nas infrações.

As regiões de Londrina, Maringá e Umuarama registraram o maior número de autuações, 113 no total, equivalente a R$ 860 mil.

Alimentos, defensivos agrícolas, além de embalagens, produtos químicos, móveis e eletrônicos também passaram pela vistoria dos auditores das nove delegacias regionais da Receita Estadual.

“Foi trabalho em equipe, organizado e estruturado, mostrando que estamos arrecadando com eficiência, combatendo o desperdício, evitando a sonegação e a corrupção no Paraná”, afirmou o diretor da Receita Estadual, Luiz Moraes Junior.

MOBILIZAÇÃO –Metade do efetivo da Receita Estadual esteve envolvida na operação. Foram 35 pontos fixos, com 290 auditores fiscais atuando em 50 municípios e 32 pontos móveis, em conjunto com a Polícia Militar, Polícia Rodoviária Estadual e Polícia Rodoviária Federal.

O secretário de Estado da Fazenda, Renê de Oliveira Garcia Júnior, garantiu que as fiscalizações vão acontecer com mais frequência pelas rodovias paranaenses.

Segundo ele, a operação foi um sucesso e são fundamentais porque demonstram que há um grande número de problemas de sonegação. “Vamos ampliar ainda mais a nossa atuação para coibir essas situações”, disse. (Com AEN)


Compartilhe



Últimas notícias

Arquivo

26 de junho de 2019

Em fim de mandato, Rangel promete deixar licitado asfalto em 90% das ruas de PG

Divulgação

CASTRO

26 de junho de 2019

Curso prepara lideranças comunitárias

Divulgação

26 de junho de 2019

Erva-mate pode impulsionar economia no Vale do Iguaçu

Divulgação

26 de junho de 2019

É preciso uma reforma que corrija distorções, diz Aliel

Ver mais

Mais Lidas

Arquivo

11 de janeiro de 2017

Prefeitura quebrada, cidade abandonada e Rangel de malas prontas para cruzeiro no Caribe

Arquivo

28 de agosto de 2018

Vaza áudio de secretário de Cida falando sobre dinheiro em troca de apoio

14 de agosto de 2017

Suposto patrocínio da UEPG em aniversário do MST gera polêmica nas redes sociais

Arquivo

"RAMBO"

10 de fevereiro de 2017

“Vou fechar todos os buracos da cidade em seis meses ou não me chamo Márcio Ferreira”, impõe meta secretário