26 de junho de 2017

Estudante ponta-grossense ganha prêmio de R$ 200 mil do Nota Paraná

Divulgação

Lançado pelo Governo do Estado em agosto de 2015, o Nota Paraná conta com 1,6 milhão de pessoas cadastradas e já disponibilizou R$ 540 milhões em prêmios e créditos

Os principais prêmios de junho do Programa Nota Paraná, com valores de R$ 80 mil, R$ 120 mil e R$ 200 mil, foram para as mãos de três moradores do interior do Estado, dos municípios de Umuarama, Prudentópolis e Ponta Grossa. Um deles é estudante, outro é aposentado e o terceiro, cobrador de ônibus. Eles pediram “CPF na nota” em compras do varejo e foram sorteados em um mês especial, quando os prêmios são multiplicados por quatro.
O governador Beto Richa (PSDB) e o secretário da Fazenda em exercício, George Tormin, entregaram os cheques aos ganhadores na última sexta-feira, 23, em solenidade no Palácio Iguaçu, em Curitiba. Richa ressaltou que o Nota Paraná se consolidou com um grande programa e já distribuiu mais de meio bilhão de reais em prêmios e créditos aos contribuintes.
Ele lembrou que o programa está entre as medidas do ajuste fiscal feito pelo governo estadual e que tem contribuído com a arrecadação do Estado. “O programa combate a sonegação fiscal e a concorrência desleal. Além disso, a partir do momento em que as pessoas têm a consciência da importância de pedir a nota fiscal, também melhora a receita do Estado”, afirmou. “Com a receita do governo ampliada, temos condições de oferecer mais e melhores serviços à população e investir em áreas prioritárias”, acrescentou.

ESTIMULAM – Com o Nota Paraná e obrigatoriedade dos comerciantes emitirem a Nota Fiscal Eletrônica, o Paraná se tornou o Estado que mais processa esses documentos no Brasil, explicou o secretário da Fazenda em exercício. “O Paraná é hoje o único estado brasileiro em que todo o comércio varejista emite a Nota Fiscal Eletrônica ao consumidor. São mais de 120 milhões de documentos enviados eletronicamente ao fisco estadual”, disse Tormin. “O Nota Paraná e o aplicativo Menor Preço estimulam bastante a emissão de notas fiscais, cerca de 4 milhões de documentos são processados por dia. É um programa de sucesso”, afirmou.

PREMIADOS – O estudante de engenharia civil Thiago Hilário da Cruz, de Ponta Grossa, que completou 23 anos no sábado, 24, foi o grande sortudo do mês e recebeu um cheque de R$ 200 mil das mãos do governador. Ele tinha apenas quatro bilhetes, referentes a R$ 155 em compras, e recebeu o maior prêmio de junho. “Estava visitando uma obra com um professor da universidade quando recebi a ligação com a informação sobre o prêmio. Nem acreditei na hora”.
O estudante pensa em investir o dinheiro. “Eu me formo no ano que vem e estava vivendo bem até agora. O prêmio é um acréscimo, por isso quero investir muito bem”, afirmou.
O auditor fiscal da Receita Federal aposentado Wanaldir Aparecido Maia, 61 anos, de Prudentópolis, ganhou o segundo maior prêmio, no valor de R$ 120 mil. “Não tinha expectativa de ganhar. É uma emoção muito grande. Trabalhei a vida inteira com tributos e acho muito importante que um programa como o Nota Paraná incentive a cidadania fiscal”, comentou ele, que pretende usar o dinheiro para dar entrada em uma casa.
O prêmio de R$ 80 mil saiu para Dival Sebastião Bernardo da Silva, 57 anos, cobrador de transporte urbano de Umuarama. “Tinha esperança de ganhar. Conheço duas mulheres que ganharam”, contou. O prêmio vai para o pagamento de prestação da casa e para ajudar os filhos.

SORTEIOS – Além de devolver parte do ICMS pago pelos contribuintes, todos os meses, o Nota Paraná sorteia 250 mil prêmios em dinheiro. Os três maiores são de R$ 50 mil, R$ 30 mil e R$ 20 mil e, em datas especiais, como o Natal, mês das mães, dos namorados, dos pais e das crianças, eles são quadruplicados para R$ 80 mil, R$ 120 mil e R$ 200 mil. Os outros prêmios têm valores menores, de R$ 10, R$ 20, R$ 50, R$ 250 e R$ 1 mil.
Até agora, foram distribuídos R$ 4,75 milhões de prêmios em 19 sorteios. Toda primeira compra do mês gera um bilhete, independentemente do valor. Depois, cada R$ 50 em notas fiscais dá direito a um novo bilhete, com validade apenas para o sorteio do seu respectivo período. O mesmo CPF pode receber mais de um prêmio no sorteio.

O PROGRAMA – Lançado pelo Governo do Estado em agosto de 2015, o Nota Paraná conta com 1,6 milhão de pessoas cadastradas e já disponibilizou R$ 540 milhões em prêmios e créditos. O placar está no site do programa (www.notaparana.pr.gov.br).
O Nota Paraná liberou R$ 25,7 milhões a cerca de mil instituições sociais sem fins lucrativos cadastradas no programa. Elas atuam nas áreas de assistência social, saúde, defesa e proteção animal, desportiva e cultural e passaram a fazer campanhas e disponibilizar urnas no comércio para recebimento de doações de documentos fiscais. (Com AEN)


Compartilhe



Últimas notícias

Divulgação

27 de novembro de 2020

Mabel Canto quer PG como cidade empreendedora

Divulgação

27 de novembro de 2020

Castro já tem decoração natalina e “Natal de Estrelas” começa dia 5

Divulgação

27 de novembro de 2020

Projeto interativo mostra potencial turístico e cultural de Castro

Divulgação

27 de novembro de 2020

Professora Elizabeth vai ampliar oportunidades de moradia com lotes urbanizados e regularização fundiária

Ver mais

Mais Lidas

Arquivo

31 de março de 2020

Ratinho Junior libera igrejas e outras atividades consideradas essenciais no Paraná

14 de agosto de 2017

Suposto patrocínio da UEPG em aniversário do MST gera polêmica nas redes sociais

Arquivo

28 de setembro de 2020

Ponta Grossa tem 456 candidatos a vereador em 2020; Confira a lista

Divulgação

9 de setembro de 2019

Secretário Superman é socorrido após levar surra