11 de maio de 2019

Copel instala projetos de geração e transmissão de energia

Divulgação

Empreendimento de R$ 192 milhões é um dos principais projetos para os próximos anos e deve ser concluído até março de 2021. A companhia também recebeu licença de instalação para a PCH Bela Vista, no rio Chopim.

A Copel iniciou a instalação de uma linha de transmissão de energia que vai conectar as subestações Curitiba Leste e Blumenau (SC). A nova rede terá 144 km de extensão e vai operar em 525 kV – tensão extra-alta, que permite o transporte da eletricidade por longas distâncias. Esse projeto integra o pacote de obras do Lote E, arrematado pela Copel no leilão Aneel 005/2015.

“Vamos investir R$ 192 milhões nesse empreendimento, que é um dos principais projetos do plano de expansão da Companhia para os próximos anos e deve ser concluído até março de 2021”, destaca o presidente da Copel, Daniel Pimentel Slaviero. Quanto entrar em operação, essa linha vai gerar uma receita anual para a empresa superior a R$ 30 milhões.
As obras da linha iniciaram em São José dos Pinhais no trecho mais próximo à subestação Curitiba Leste e, gradativamente, devem avançar em direção a Santa Catarina, que terá canteiros de obras mobilizados nos Municípios de Corupá e Campo Alegre.

Nesta primeira etapa, as equipes trabalham na preparação das fundações para as torres. Ao todo, o projeto prevê a montagem de 278 estruturas metálicas para sustentação de 1.728 km de cabos elétricos. A implantação desse projeto deve gerar cerca de 250 empregos diretos.

Segundo o diretor de Geração e Transmissão da Copel, Moacir Carlos Bertol, essa obra vai tornar o Sistema Interligado Nacional (SIN) mais robusto e confiável. “O Paraná poderá receber mais energia do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina através dessa linha, para consumo interno ou para exportar ao Sudeste. Por outro lado, a região leste de Santa Catarina passará a contar com um reforço importante, já que, atualmente, não tem condição de suportar um aumento significativo de demanda e é muito dependente da operação da Usina Termelétrica Jorge Lacerda”, explica Bertol.

PCH BELA VISTA – A Copel recebeu do Instituto Ambiental do Paraná (IAP) a licença de instalação para a Pequena Central Hidrelétrica (PCH) Bela Vista, que será construída no rio Chopim, entre os Municípios de Verê e São João. “Vamos iniciar mais este grande projeto na região Sudoeste do Estado, com investimentos que devem chegar a R$ 200 milhões e beneficiar toda a região”, diz o presidente Daniel Pimentel Slaviero. “Além de ampliar a oferta de energia, as obras vão gerar mais de 300 empregos diretos e movimentar a economia local”, completa.

A construção da PCH deve começar no mês de junho e durar dois anos. O canteiro de obras será instalado na margem esquerda do rio Chopim, próximo à comunidade Kennedy, em Verê. Quando estiver pronta, a PCH Bela Vista terá potência instalada de 29 megawatts (MW) e vai produzir energia para até cem mil pessoas. A usina será conectada à subestação Dois Vizinhos através de uma linha de transmissão em 138 mil Volts (kV), com 18 km de extensão, que também será construída pela Copel. (Com AEN)


Compartilhe



Últimas notícias

Arquivo

14 de novembro de 2019

Assembleia amplia transparência e publicará tudo no Portal

Divulgação

14 de novembro de 2019

Promotoria de Justiça de Tibagi emite recomendação para que Câmara se abstenha de fazer pagamentos indevidos a servidores

Divulgação

14 de novembro de 2019

Provas do PSS da UEPG acontecem neste domingo

Divulgacão

14 de novembro de 2019

Castro recebe show gratuito da Banda Klezmorim amanhã

Ver mais

Mais Lidas

Arquivo

11 de janeiro de 2017

Prefeitura quebrada, cidade abandonada e Rangel de malas prontas para cruzeiro no Caribe

14 de agosto de 2017

Suposto patrocínio da UEPG em aniversário do MST gera polêmica nas redes sociais

Arquivo

"RAMBO"

10 de fevereiro de 2017

“Vou fechar todos os buracos da cidade em seis meses ou não me chamo Márcio Ferreira”, impõe meta secretário

Divulgação

9 de setembro de 2019

Secretário Superman é socorrido após levar surra