5 de dezembro de 2017

Contribuintes terão até 22 de dezembro para regularizar dívidas

Divulgação

Desde agosto de 2017, administração vem depositando mensalmente o pagamento de valor referente a 1,5% da Receita Corrente Líquida. Valor depositado mensalmente está dentro das possibilidades financeiras da administração

Os contribuintes que tiverem interesse em quitar suas dívidas com o Município através do Programa de Regularização Tributária (PRT) terão agora até o dia 22 de dezembro para regularizar os valores com desconto de 90% de juros e multas, no caso dos pagamentos à vista. A prorrogação do prazo foi oportunizada por modificação na lei do PRT, proposta pelo Legislativo Municipal e sancionada pelo prefeito Marcelo Rangel (PPS). O programa segue até o dia 22 de dezembro também para aqueles que quiserem realizar o pagamento dos valores em parcelamento, com entrada de 10% do valor total devido, parcelada em 3 vezes, sendo o restante parcelado em até 117 meses, dependendo do total da dívida. Nesse caso, o desconto é de 70% dos juros e 30% da multa.

“Os vereadores consideraram o delicado momento financeiro de muitas famílias e o pagamento do 13° salário para prorrogar o desconto máximo permitido para o pagamento à vista. Foi também pensando nisso que a Prefeitura sancionou essa modificação na lei integralmente”, avaliou o procurador geral do Município, Marcus Freitas. O procurador lembra ainda que os contribuintes inadimplentes devem aproveitar o PRT para regularizar as dívidas em condições especiais. “Esta será a última oportunidade que a Prefeitura dará, sendo que a Procuradoria já trabalha com a organização de um novo lote de contribuintes que serão encaminhados para o protesto”, adiantou ele.

De acordo com o balanço da Secretaria Municipal de Gestão Financeira, do início do PRT até a última segunda-feira, 04, foram negociados cerca de R$ 12 milhões devidos ao Município, com a arrecadação de R$ 3,9 milhões. “Se formos considerar que a Prefeitura tem mais de R$ 300 milhões a receber, este resultado ainda está aquém da nossa expectativa. Esperamos que os contribuintes aproveitem este novo prazo do desconto para quitar os valores à vista e ficar em dia com o Município”, comentou o secretário de Gestão Financeira, Cláudio Grokoviski.

RESSARCIMENTO – Conforme estabelecido pela modificação à lei, a Prefeitura realiza o ressarcimento dos valores para aqueles contribuintes que quitaram as dívidas à vista, mas com descontos menores que o prorrogado pelos vereadores. Para ressarcir, basta protocolar o pedido na Praça de Atendimento da Prefeitura, munido de documentos pessoais e o comprovante original de pagamento. (Com assessoria)


Compartilhe



Últimas notícias

Divulgação

16 de abril de 2021

Prefeitura e RodoNorte firmam parceria para revitalização de praça em Tibagi

Arquivo

16 de abril de 2021

Cadastro para Vale-Mercado será apenas presencial, a partir de segunda

Divulgação

15 de abril de 2021

CCR RodoNorte reforça avanços e compromisso com prazos de obras

Arquivo

15 de abril de 2021

Ponta Grossa registra queda de 44,6% na média móvel dos casos de Covid-19

Ver mais

Mais Lidas

Arquivo

11 de janeiro de 2017

Prefeitura quebrada, cidade abandonada e Rangel de malas prontas para cruzeiro no Caribe

Arquivo

31 de março de 2020

Ratinho Junior libera igrejas e outras atividades consideradas essenciais no Paraná

14 de agosto de 2017

Suposto patrocínio da UEPG em aniversário do MST gera polêmica nas redes sociais

Arquivo

28 de setembro de 2020

Ponta Grossa tem 456 candidatos a vereador em 2020; Confira a lista