Comissionados da Prefeitura de PG ficarão sem receber 13º e salário em dezembro

16/12/16

Arquivo

De acordo com a Prefeitura, a implantação do Profis nos próximos dias poderia prejudicar os repasses oriundos do ‘Programa Empresa Solidária’, destinados às entidades sociais do município

De acordo com a Prefeitura, a implantação do Profis nos próximos dias poderia prejudicar os repasses oriundos do ‘Programa Empresa Solidária’, destinados às entidades sociais do município

O prefeito Marcelo Rangel, o vice-prefeito José Carlos Raad - "Doutor Zeca" (ambos do PPS), os secretários municipais e demais cargos em comissão da Prefeitura de Ponta Grossa não irão receber o 13º salário e o pagamento do mês de dezembro. A informação foi repassada hoje ao BLOG DO JOHNNY pelo secretário de Gestão Financeira, Odailton de Souza. "Com o orçamento apertado e o financeiro curto, vamos esperar fechar todo o salário dos servidores efetivos no dia 30", explicou o secretário, informando que se o Município tiver condições de caixa, a tendência será de pagar o 13º salário dos ocupantes de cargos em comissão no dia 30 de dezembro e o salário no dia 05 de janeiro.

Na próxima terça-feira, 20, os servidores efetivos irão receber a segunda parcela do 13º salário e o salário no dia 30 normalmente. Nas datas, também era esperado o pagamento do décimo e do salário aos ocupantes de cargos em comissão. Ao contrário dos efetivos, os comissionados não receberam a primeira parcela do décimo no último dia 30 de novembro. Odailton explica que a prioridade é o pagamento dos servidores efetivos. Somente se houver um incremento na arrecadação - o que não é previsto -, o Município terá condições de pagar todos os servidores (efetivos e comissionados) em dia. "Não posso correr o risco de pagar o décimo terceiro dos comissionados dia 20 e faltar para o salário dos efetivos. Por uma questão de segurança e prudência, nós decidimos isso", justifica. O secretário de Finanças afirma ainda que mesmo sem o pagamento em dezembro, os comissionados deverão ser todos exonerados dia 31 de dezembro e o pagamento será feito na rescisão. Odailton relatou que o Município vem sofrendo com a falta de pagamento de internet, telefone, combustível, entre outros serviços. "Estamos focando todos os esforços nos funcionários", concluiu. O presidente do Sindicato dos Servidores Municipais, Leovanir Martins, não foi encontrado pela reportagem para comentar a medida. A Prefeitura de Ponta Grossa possui cerca de 300 ocupantes de cargos em comissão.


Últimas notícias


Mais Vistos