15 de agosto de 2017

Castro poderá ter Unidade de Conservação

Divulgação

Na região do Vale do Ribeira, uma das mais carentes do município de Castro, foram encontrados 34 macacos muriqui, o maior primata das Américas, e que está ameaçado de extinção

Representantes da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMA), apresentaram ao prefeito Moacyr Fadel Junior (PMDB) hoje, projeto para conservação do macaco muriqui, mais conhecido como “monos”, e que habita a região do Vale do Ribeira, uma das mais carentes do município de Castro.

De acordo com a coordenadora de Biodiversidade e Florestas da SEMA, Sueli Ota, foram encontrados 34 macacos muriqui, o maior primata das Américas, e que está ameaçado de extinção. Paralelamente a preservação dos animais, a ideia é promover o desenvolvimento econômico da região com atividades sustentáveis como a produção de orgânicos, entre outras. “A intenção é que os próprios moradores que já cuidam dos macacos, continuem sendo seus maiores protetores, compatibilizando o desenvolvimento da economia local. Outra perspectiva é criar, futuramente, um selo da região, o que projetaria o Vale do Ribeira internacionalmente, pois há muitas pessoas que pagam para apreciar espécies em extinção”, diz.

A SEMA fará a delimitação da área onde futuramente poderá ser implantada uma Unidade de Conservação. Após a conclusão do projeto, será feita uma audiência pública com os moradores do Vale do Ribeira.

Fadel disse que a Prefeitura apoia o projeto que junto com outras propostas do município, poderá alavancar o desenvolvimento daquela região. “Temos interesse em colaborar para a proteção do macaco muriqui e também com ações que possam levar melhores condições de vida para os moradores do Vale do Ribeira”, frisou.

O projeto de conservação do muriqui conta com apoio do Instituto Ambiental do Paraná, Instituto Lactec, Instituto de Florestas, Fundação Boticário e Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG).

MURIQUI – O mono-carvoeiro (Brachyteles arachnoides) é conhecido como o maior macaco das Américas. Pode chegar a medir 1,5 metro da cabeça até a ponta da cauda. Normalmente chega a pesar entre 13 e 15 quilos. É herbívoro e se alimenta de folhas e frutas. A população total no Brasil não chega a três mil. (Com assessoria)


Compartilhe



Últimas notícias

Divulgação

4 de março de 2021

Fiocruz confirma circulação de variantes do coronavírus no Paraná

Divulgação

4 de março de 2021

Suspensão do processo de concessão atende interesses dos paranaenses, diz Romanelli

Divulgação

4 de março de 2021

Feirão da Qualificação, Emprego e Renda acontece neste mês

Divulgação

4 de março de 2021

Mais de 3 mil estabelecimentos comerciais foram fiscalizados desde sábado no Paraná

Ver mais

Mais Lidas

Arquivo

11 de janeiro de 2017

Prefeitura quebrada, cidade abandonada e Rangel de malas prontas para cruzeiro no Caribe

Arquivo

31 de março de 2020

Ratinho Junior libera igrejas e outras atividades consideradas essenciais no Paraná

14 de agosto de 2017

Suposto patrocínio da UEPG em aniversário do MST gera polêmica nas redes sociais

Arquivo

28 de setembro de 2020

Ponta Grossa tem 456 candidatos a vereador em 2020; Confira a lista