25 de junho de 2020

Castro combate o coronavírus e mantém obras para movimentar a economia

Arquivo

O prefeito Moacyr Fadel destaca o projeto da Prefeitura em parceria com a iniciativa privada, que irá realizar testagem em massa da população. Dez mil testes serão aplicados para melhorar o monitoramento da situação epidemiológica do Município.

A Prefeitura de Castro adotou uma série de medidas para combater o avanço do Coronavírus no Município, como a instalação de barreira sanitária nas entradas da cidade, mudanças no horário de funcionamento do comércio, proibição de eventos públicos e particulares, suspensão de celebrações religiosas, entre outras precauções para evitar aglomerações e o contágio da doença.

“Temos uma equipe muito competente na área da saúde, que foi capacitada e está preparada para enfrentar a pandemia. Desde o início nós estamos fazendo a triagem dos pacientes com os sintomas da Covid para evitar a propagação do vírus. Nestes últimos dias tivemos um número maior de casos e identificamos que a doença foi importada de outras cidades para o nosso Município, por isso implantamos a barreira sanitária”, informa o prefeito Moacyr Fadel Júnior (Patriota).

Até o momento, Castro não possui nenhum óbito, havia registrado até ontem, 24, 58 casos, sendo 22 recuperados, 34 em isolamento domiciliar e dois internados em leitos de enfermaria. O Município já realizou 678 exames/testes rápidos para detectar a doença.

TESTAGEM EM MASSA – A Prefeitura de Castro, em parceria com a iniciativa privada, possui um projeto para aplicar 10 mil testes rápidos na população para melhorar o monitoramento da situação epidemiológica do Município. “Queremos ir ao encontro da doença. Como foi feito na Nova Zelândia. Não estamos inventando a roda, mas saindo na frente”, afirma o prefeito. A testagem em massa, a exemplo da Nova Zelândia, permite o governo rastrear mais facilmente as pessoas que precisavam se isolar conforme os casos são identificados, contribuindo para erradicar a transmissão da doença. “Vamos combater a doença de forma mais efetiva, identificando onde há maior incidência. Existem muitas pessoas assintomáticas e que queremos identificá-las porque involuntariamente estão transmitindo a doença”, explica Fadel.

ECONOMIA AFETADA – O prefeito Moacyr Fadel afirma que a pandemia afeta diretamente a economia do Município. “Não esperava um impacto tão grande. Somente em maio, perdemos 40% da arrecadação. Este mês a projeção de perdas são ainda maiores. Diminuiu muito o ICMS [Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços], e o FPM [Fundo de Participação dos Municípios], que são as maiores fontes de arrecadação do Município”, lamenta o prefeito, acreditando em uma recuperação com a cobrança do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), a partir do próximo mês. “É o que vai sustentar a máquina e dar andamento às obras”, expõe, informando que devido às ações de enfrentamento ao coronavírus, o Município está tendo um custo maior de horas extras dos servidores municipais que estão atuando na linha de frente.

Dos R$ 8,2 milhões que estão sendo repassados para o Município emergencialmente pelo governo federal, em quatro parcelas, Fadel afirma que o montante é equivalente às perdas da arrecadação do mês de maio da Prefeitura. “Quem mais sofreu foram as Prefeituras. Os recursos que estamos recebendo do governo federal parcelado, cobre as perdas que tivemos no primeiro mês. É exatamente o que nós perdemos. Não vai aliviar muita coisa. O FPM caiu 40% no mês”, conta.

OBRAS – Em contrapartida, Fadel ressalta que a manutenção das obras do Município, movimenta a economia e gera empregos. “Tomamos a decisão de dar andamento nas obras, com os devidos cuidados, porque são recursos vinculados que já tínhamos conquistado no ano passado. São muitas obras que estão sendo executadas com recursos dos governos federal e estadual. As empresas de fora que venceram as licitações estão contratando mão de obra local, em um compromisso que assumimos. É o que está salvando a pátria, junto com a agricultura e agropecuária”, conclui o prefeito de Castro.


Compartilhe



Últimas notícias

Arquivo

2 de agosto de 2020

Paraná vai colher mais de 41 milhões de toneladas de grãos

Divulgação

2 de agosto de 2020

Boletim agropecuário aborda previsão positiva para o trigo

Divulgação

2 de agosto de 2020

Rangel faz ‘jogo duplo’ e confirma pré-candidatura de Superman

Divulgação

2 de agosto de 2020

Prefeitura apresenta resultados da consulta popular para LDO 2021

Ver mais

Mais Lidas

Arquivo

11 de janeiro de 2017

Prefeitura quebrada, cidade abandonada e Rangel de malas prontas para cruzeiro no Caribe

Arquivo

31 de março de 2020

Ratinho Junior libera igrejas e outras atividades consideradas essenciais no Paraná

14 de agosto de 2017

Suposto patrocínio da UEPG em aniversário do MST gera polêmica nas redes sociais

Arquivo

"RAMBO"

10 de fevereiro de 2017

“Vou fechar todos os buracos da cidade em seis meses ou não me chamo Márcio Ferreira”, impõe meta secretário