17 de dezembro de 2018

Câmara vota amanhã Orçamento de R$ 941 mi com 441 emendas

Arquivo

As emendas contemplam indicações dos parlamentares em todas as áreas.

Os vereadores de Ponta Grossa devem votar amanhã em duas discussões o projeto de lei que estabelece o Orçamento do Município para 2019, de R$ 941 milhões, valor 12% superior ao orçamento de 2018. Esse incremento tem relação direta com a combinação de diversos fatores, como o processo de industrialização dos últimos anos, a revisão de várias leis, as medidas de justiça fiscal e a redução da inadimplência.

“Conseguimos alcançar um aumento significativo no nosso orçamento sem aumentar o índice ou alíquota de qualquer imposto, apenas um resultado da combinação de diversas medidas tomadas pela Prefeitura, como a revisão de algumas, as medidas de ajuste fiscal aplicadas com a Procuradoria e o processo de industrialização. Mas também é resultado da contratação de uma importante operação de crédito de R$ 60 milhões, através do Finisa da Caixa, a decisão do Município em vender alguns ativos que estão sem uso e também ao crescimento de 10% nas receitas próprias, como ISS, IPTU e ITBI”, avaliou o secretário da Fazenda, Cláudio Grokoviski, durante apresentação da proposta em audiência pública na Câmara de Vereadores no final de setembro.

Com esse incremento, a Prefeitura projeta para o próximo ano uma parcela maior do orçamento para investimentos em infraestrutura, chegando a quase 14% do total. Os maiores investimentos continuam sendo para as áreas de Saúde e Educação, mantendo a faixa de 26% do total para cada uma das secretarias. A área que apresentou maior crescimento orçamentário foi a Segurança Pública, passando de R$ 15 milhões em 2018 para R$ 20,5 milhões em 2019, um incremento de 36%.

“Na consulta pública realizada para execução da Lei de Diretrizes Orçamentárias, ouvimos as solicitações da população e os munícipes que participaram indicaram como prioridade de investimento a área da segurança pública, por isso fizemos essa programação, aumentando o investimento para este setor poder desenvolver ações na cidade”, detalhou Grokoviski.

Para 2020, a expectativa da Prefeitura é que o Orçamento do Município ultrapasse a marca de R$ 1 bilhão. “Este orçamento nos dá uma perspectiva muito positiva para 2020, quando devemos alcançar nossa meta orçamentária de chegar a marca de R$ 1 bilhão. Quando esta gestão teve início, em 2013, o orçamento municipal era de R$ 527 milhões. Com o crescimento até os R$ 941 milhões previstos para 2019, o orçamento teve um incremento superior a 78%, muito maior que a inflação acumulada do período, de 36%”, apontou o secretário da Fazenda.

EMENDAS – A Lei Orçamentária Anual (LOA) recebeu 441 emendas por parte dos vereadores. O número é 14% maior que o Orçamento deste ano, que recebeu 386 alterações dos parlamentares. As emendas contemplam indicações dos parlamentares em todas as áreas, saúde, assistência social, infraestrutura, entre outras.


Compartilhe



Últimas notícias

Arquivo

7 de agosto de 2020

Setor do turismo no Paraná debate retorno das atividades

Divulgação

7 de agosto de 2020

Grandes empresas vão apoiar 21 mil pequenos comércios do Paraná

Divulgação

CASTRO

7 de agosto de 2020

Iniciam obras de pavimentação em ruas do Centro

Divulgação

7 de agosto de 2020

Ricardo Zampieri cobra aplicação de lei de transparência na Saúde

Ver mais

Mais Lidas

Arquivo

11 de janeiro de 2017

Prefeitura quebrada, cidade abandonada e Rangel de malas prontas para cruzeiro no Caribe

Arquivo

31 de março de 2020

Ratinho Junior libera igrejas e outras atividades consideradas essenciais no Paraná

14 de agosto de 2017

Suposto patrocínio da UEPG em aniversário do MST gera polêmica nas redes sociais

Arquivo

"RAMBO"

10 de fevereiro de 2017

“Vou fechar todos os buracos da cidade em seis meses ou não me chamo Márcio Ferreira”, impõe meta secretário