20 de setembro de 2019

Banco de Projetos do Paraná avalia primeiras propostas

Divulgação

A meta é licitar R$ 70 milhões em projetos até o final do ano. De acordo com o chefe da Casa Civil, Guto Silva, na sequência será realizada a licitação do projeto executivo da PR-151, entre Ponta Grossa e Palmeira.

O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR) realizou na última terça-feira, 17, a primeira abertura de envelopes com as propostas técnicas para uma licitação de projeto do Banco de Projetos do Paraná.

Está sendo licitada a contratação de empresa de consultoria para elaborar o projeto executivo de engenharia de reabilitação/restauração da PR-180, no trecho entre Goioerê e Quarto Centenário, ambas na região Centro-Oeste.

Três consórcios e duas empresas protocolaram propostas técnicas que serão analisadas por comissão do DER/PR e receberão uma avaliação de acordo com os critérios do certame. Na sequência, as empresas serão chamadas para a abertura das propostas de preços, também já submetidas no mesmo envelope.

De acordo com o chefe da Casa Civil, Guto Silva, na sequência será realizada a licitação do projeto executivo da PR-151, entre Ponta Grossa e Palmeira. “Nossa meta é licitar R$ 70 milhões em projetos até o final do ano, incluindo as rodovias com maiores problemas, como a PR-280 (Sul/Sudoeste), PR-323 (Norte/Noroeste) e PR-092 (Capital/Campos Gerais)”, destaca.

PROCEDIMENTOS – As propostas técnicas são avaliadas de acordo com a experiência prévia da empresa, metodologia e plano de trabalho apresentados, além da qualificação dos profissionais que farão os estudos necessários para elaborar o projeto. Depois serão analisadas as propostas de preços para então definir a empresa ou consórcio vencedor.

A execução do projeto de engenharia para restauração da PR-180 tem valor estimado de R$ 1.013 milhão e duração prevista de seis meses. Além da reabilitação/restauração de 11,13 quilômetros da PR-180, ele também prevê a possibilidade da ampliação de capacidade do trecho, o que inclui a implantação de acostamentos, terceiras faixas e acessos, entre outros.

“Este projeto executivo de engenharia deverá propor obras que garantam redução do tempo de viagem, melhores condições de segurança e facilidade para o acesso a localidades vizinhas”, explica o diretor-geral do DER/PR, Fernando Furiatti. (Com AEN)


Compartilhe



Últimas notícias

Arquivo

27 de maio de 2020

Paraná tem 200 novos casos de Covid-19 e mais três óbitos

Arquivo

27 de maio de 2020

Caminhoneiro de Telêmaco com Covid-19 morre em Paranaguá

Divulgação

27 de maio de 2020

Plauto conquista recursos para nova iluminação em Carambeí

Arquivo

27 de maio de 2020

Ponta Grossa registra quatro novos casos de Covid-19: 66 no total

Ver mais

Mais Lidas

Arquivo

11 de janeiro de 2017

Prefeitura quebrada, cidade abandonada e Rangel de malas prontas para cruzeiro no Caribe

Arquivo

31 de março de 2020

Ratinho Junior libera igrejas e outras atividades consideradas essenciais no Paraná

14 de agosto de 2017

Suposto patrocínio da UEPG em aniversário do MST gera polêmica nas redes sociais

Arquivo

"RAMBO"

10 de fevereiro de 2017

“Vou fechar todos os buracos da cidade em seis meses ou não me chamo Márcio Ferreira”, impõe meta secretário