7 de abril de 2021

Aliel recebe ministro Marcos Pontes na Comissão de Ciência e Tecnologia

Divulgação

Parlamentar pontagrossense questionou o ministro sobre o desenvolvimento de uma vacina brasileira, além de pedir informações sobre o orçamento da pasta para o combate à pandemia.

O Ministro de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Cesar Pontes, participou hoje, 07, de audiência pública da Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática da Câmara dos Deputados. O convite foi feito pelo presidente da Comissão, deputado federal Aliel Machado (PSB) e contou com a participação de vários parlamentares de forma on-line e presencial. Durante o encontro, o ministro apresentou o plano de ação do Ministério para o ano de 2021.

Autor do convite ao ministro, Aliel abriu as perguntas e questionou sobre um tema que vem sendo muito debatido pela importância no combate à pandemia, as vacinas. O deputado quis saber sobre o orçamento previsto para o ministério, especialmente para a produção de vacinas e ações no combate à Covid-19.

“O ministério fez recentemente solicitação à Anvisa para os estudos para o desenvolvimento de uma vacina brasileira. Gostaríamos de saber qual o orçamento previsto pelo Governo ao Ministério de Ciência e Tecnologia, quanto já foi executado para o desenvolvimento desse trabalho e se já temos esse valor garantido”, questionou Aliel.

O ministro afirmou que, de forma emergencial, foi recebido no ano passado R$ 452 milhões para ações emergenciais e continuadas (incluindo medicamentos de reposição e medicamentos próprios), como a criação de quinze protocolos de vacinação. Já para o desenvolvimento das vacinas, o ministro revelou que estão sendo desenvolvidas três, mas que um corte no orçamento pode prejudicar o projeto.

“Estamos em fase de testes clínicos, que é a fase 1 e 2. A fase mais cara é a 3, que demanda pelo menos R$ 310 milhões para a realização de testes com 20 mil pacientes para avaliar a eficiência da vacina. Mas tivemos os valores cancelados pela equipe econômica e não podemos parar com esses investimentos. Temos uma expectativa de uma emenda no Senado de R$ 400 milhões. Precisamos da vacina nacional, porque temos mutações e existe a possibilidade de vacinação anual. E também pra próximas pandemias. Então precisamos ter essa experiência pra aprovar isso”, revelou o ministro.

Além do parlamentar pontagrossense, participaram da reunião diversos deputados de vários partidos que levantaram questionamentos sobre vários temas ligados à área. O requerimento aprovado permitiu esclarecer ainda acerca do funcionamento das entidades de pesquisa, desenvolvimento e inovação no Brasil e informações sobre os investimentos em pesquisa e inovação. (Com assessoria)


Compartilhe



Últimas notícias

Divulgação

16 de abril de 2021

Prefeitura e RodoNorte firmam parceria para revitalização de praça em Tibagi

Arquivo

16 de abril de 2021

Cadastro para Vale-Mercado será apenas presencial, a partir de segunda

Divulgação

15 de abril de 2021

CCR RodoNorte reforça avanços e compromisso com prazos de obras

Arquivo

15 de abril de 2021

Ponta Grossa registra queda de 44,6% na média móvel dos casos de Covid-19

Ver mais

Mais Lidas

Arquivo

11 de janeiro de 2017

Prefeitura quebrada, cidade abandonada e Rangel de malas prontas para cruzeiro no Caribe

Arquivo

31 de março de 2020

Ratinho Junior libera igrejas e outras atividades consideradas essenciais no Paraná

14 de agosto de 2017

Suposto patrocínio da UEPG em aniversário do MST gera polêmica nas redes sociais

Arquivo

28 de setembro de 2020

Ponta Grossa tem 456 candidatos a vereador em 2020; Confira a lista