A VERDADE SOBRE A SAÍDA DE RANGEL DO PPS

13/11/17

Divulgação

A saída de Rangel do PPS e eventual filiação no PSDB, se deve à retaliação de Bueno desde que o seu irmão, o deputado federal Sandro Alex trocou o PPS pelo PSD. Com a saída de Alex, o PPS de Bueno perdeu recursos do fundo partidário, verdadeira motivação da retaliação de Bueno ao prefeito

A saída de Rangel do PPS e eventual filiação no PSDB, se deve à retaliação de Bueno desde que o seu irmão, o deputado federal Sandro Alex trocou o PPS pelo PSD. Com a saída de Alex, o PPS de Bueno perdeu recursos do fundo partidário, verdadeira motivação da retaliação de Bueno ao prefeito

O prefeito Marcelo Rangel rebateu a pouco as publicações feitas em blogs da Capital do Estado, afirmando que o motivo da sua saída do PPS foram as conversas do apresentador Luciano Huck com líderes do partido sobre uma eventual candidatura à Presidência da República. “O Luciano Huck recentemente se tornou sócio de uma das marcas que mais cresce no país e muito nos orgulha de ser pontagrossense: o Madero”, destacou Rangel, que esteve com o apresentador e empresário na última quinta-feira, 09, durante jantar em um dos restaurantes da rede em Curitiba.

No final do mês passado, Rangel havia sido apresentado a Huck pelo chef e presidente do Madero, Junior Durski, durante abertura do 100º restaurante da rede no Rio de Janeiro (RJ). Durski por onde passa rasga elogios à administração do pepessista pontagrossense, o que causa ciúmes no prefeito de Guarapuava, César Silvestri Filho, escolhido pelo presidente estadual do PPS, deputado federal Rubens Bueno, como pré-candidato da legenda ao governo do Estado, na tentativa de ‘barganhar’ apoio político à Bueno para uma candidatura ao Senado.

A saída de Rangel do PPS e eventual filiação no PSDB, se deve à retaliação de Bueno desde que o seu irmão, o deputado federal Sandro Alex trocou o PPS pelo PSD. Com a saída de Alex, o PPS de Bueno perdeu recursos do fundo partidário, verdadeira motivação da retaliação de Bueno ao prefeito.

Preterido pelo PPS, Rangel teve a sua candidatura a reeleição ameaçada, quando Bueno tentou dividir o partido em Ponta Grossa lançando o ex-vice-prefeito José Carlos Raad – “Doutor Zeca” à Prefeitura Municipal. Foi derrotado após a composição dos dois e a escolha natural pela reeleição do prefeito. Insatisfeito, convidou Rangel a se retirar do partido, ao fazer o convite para o seu principal adversário político, o deputado federal Aliel Machado (REDE), se filiar no partido.

No meio político, a saída de Rangel do PPS é considerada uma decisão que o prefeito deveria ter tomado há bastante tempo.



Últimas notícias


Mais Vistos