18 de novembro de 2020

20 anos após PT derrotar Jocelito, PT manifesta apoio a sua filha, Mabel Canto

Arquivo

Partido dos Trabalhadores de Ponta Grossa indica o voto e mobilização a favor da candidatura Mabel/Pietro.

Em nota, o Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores (PT), que no primeiro turno contou com a candidatura do Professor Edson Silva, que fez cerca de 3 mil votos, manifestou hoje, 18, o seu apoio a candidatura de Mabel Canto (PSC) no 2º turno das eleições. Confira:

Respeitando a individualidade e a liberdade de voto, prezando pela necessária participação democrática em todos os pleitos e salientando que não há nenhuma espécie de aliança programática com quaisquer candidaturas que disputam a Prefeitura de Ponta Grossa neste segundo turno, o Diretório do Partido dos Trabalhadores de Ponta Grossa vem a público expor seu posicionamento favorável à coligação liderada por Mabel Canto (PSC) como prefeita, e Pietro Arnaud (PSB) como vice-prefeito.

Dentre os motivos que levaram o PT a tomar a decisão de indicar voto e mobilização a favor da candidatura de Mabel Canto estão:

1 – a compreensão de que o voto nulo ou branco significa a negação da política, embora sejam atitudes possíveis dentro do processo democrático.

2 – o fato de que a aliança em torno de Mabel Canto conta com expressiva participação de forças democráticas avessas à destruição do patrimônio público e dos serviços públicos, como PSB (Partido Socialista Brasileiro), e o PDT (Partido Democrático Trabalhista), aliados históricos das lutas contra o esfacelamento do Estado Brasileiro e pela manutenção dos direitos dos trabalhadores e trabalhadoras de todo País.

3 – além disso, na coligação que sustenta Mabel Canto existem forças do campo progressista, como o MDB (Movimento Democrático Brasileiro) do Paraná, que tem como liderança mais expressiva o ex-senador e ex-governador Roberto Requião, um dos mais destacados opositores da onda neoconservadora e neoliberal que tantos prejuízos tem trazido para a população que mais necessita dos serviços públicos.

4 – ainda, o PT reconhece que, apesar das históricas divergências entre o PT de Ponta Grossa e o agrupamento representado pelo ex-prefeito Jocelito Canto, sempre houve uma forte adesão popular ao projeto representado por este campo político; principalmente por parte da população que se vê desamparada pelo Poder Público.

5 – por fim, o PT de Ponta Grossa tem a expectativa de que algumas propostas do plano de governo apresentadas pelo Partido nessas eleições, como a Unisol, os conselhos de bairro, o fortalecimento do SUS e do Programa Saúde da Família, a ampliação da escola em tempo integral, o programa de internet para todos, a defesa da Área de Proteção Ambiental da Escarpa Devoniana e a implantação do Parque Nacional dos Campos Gerais, a valorização das servidoras e servidores públicos, entre outras, possam ser acolhidas no futuro governo de Mabel Canto e Pietro Arnaud.

Nestes termos, o Diretório do Partido dos Trabalhadores de Ponta Grossa indica o voto e mobilização a favor da candidatura Mabel/Pietro.

Ponta Grossa, 18 de novembro de 2020.

Nilson Neves – Presidente do PT-PG.


Compartilhe



Últimas notícias

Divulgação

23 de novembro de 2020

Plauto pede explicações sobre instalação de penitenciária em Uvaranas

Divulgação

23 de novembro de 2020

Professora Elizabeth vai implantar CEP Cidadão para residenciais sem Correios

Divulgação

23 de novembro de 2020

Deputados aprovam projeto que restabelece parcelamento de ICMS

Arquivo

23 de novembro de 2020

Pesquisa PPM aponta liderança de Professora Elizabeth no 2º turno

Ver mais

Mais Lidas

Arquivo

31 de março de 2020

Ratinho Junior libera igrejas e outras atividades consideradas essenciais no Paraná

14 de agosto de 2017

Suposto patrocínio da UEPG em aniversário do MST gera polêmica nas redes sociais

Arquivo

28 de setembro de 2020

Ponta Grossa tem 456 candidatos a vereador em 2020; Confira a lista

Divulgação

9 de setembro de 2019

Secretário Superman é socorrido após levar surra